7 dicas de gestão hoteleira para impulsionar o seu negócio
Gestão de Empresas Hotelaria

7 dicas de gestão hoteleira para impulsionar o seu negócio

Escrito por Leucotron

Quem trabalha no setor de turismo sabe que a gestão hoteleira tem suas particularidades. As características do negócio e o grande fluxo de clientes exige que o administrador tenha cuidados adicionais.

É assim que se consegue chegar ao sucesso. Porém, quais estratégias devem ser adotadas para gerenciar um hotel? Uma das principais é ter uma equipe qualificada. Afinal de contas, são os colaboradores que estarão em contato com o cliente o tempo todo e, portanto, são eles que podem garantir um bom atendimento.

Ainda existem outras dicas relevantes. São elas que vamos mostrar neste post. A ideia é que você possa verificar ideias práticas para aplicar no seu negócio e, então, impulsioná-lo.

Quer entender mais? Confira as dicas que preparamos:

1. Tenha uma estratégia de gestão de pessoas que vise ao desenvolvimento constante

Os empreendimentos do setor hoteleiro são complexos e requerem muita organização para serem bem gerenciados. O primeiro passo para alcançar esse objetivo é definir uma estratégia de gestão de pessoas que tenha como objetivo o desenvolvimento constante.

Uma equipe qualificada trabalha melhor. Isso impacta a produtividade e o atendimento, que ocasiona clientes mais satisfeitos. Por isso, invista em programas de treinamento frequentes, que envolvam novos e antigos colaboradores.

Você pode realizar workshops, palestras, oferecer cursos de idiomas para os colaboradores se capacitarem para atenderem clientes estrangeiros, por exemplo.

Tenha em mente que o aumento do conhecimento representa maior preparação para oferecer uma experiência única aos hóspedes. Além disso, mostra para os colaboradores que seu trabalho é valorizado e que a empresa se preocupa com seu futuro. Esse reconhecimento gera motivação.

2. Implemente tecnologias para tornar a gestão hoteleira menos burocrática

A tecnologia é uma aliada dos negócios. Essa afirmação também é válida para a gestão de hotéis. Com o uso de softwares adequados é possível alavancar seu negócio e oferecer um atendimento diferenciado.

Por exemplo: você pode usar um sistema de telefonia que aumenta o conforto dos hóspedes, facilita a reposição de materiais, permite realizar reservas mais rapidamente etc.

Entre as facilidades estão o check-in e check-out automáticos, serviço de previsão do tempo, atendimento internacional, call center, gravação, entre outras. Esse sistema também pode ser integrado ao software de gestão.

Outra possibilidade é o concierge eletrônico, um sistema de relacionamento com os hóspedes totalmente interativo. Direcionado para clientes que falam outros idiomas, a ideia é prestar atendimento adequado e evitar constrangimentos caso o colaborador não consiga se comunicar.

Com a tecnologia, portanto, você ganha mais agilidade na comunicação, oferece um atendimento personalizado e ganha mais sofisticação e modernidade no seu hotel.

3. Ofereça um produto/serviço com valor agregado

O ato de agregar valor a um produto ou serviço se constitui em adicionar valores e inovações a fim de se diferenciar da concorrência e satisfazer o cliente. No caso da hotelaria, essa pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Quando procura um hotel, o hóspede pesquisa várias opções e escolhe aquela que parece mais adequada. Uma maneira de se destacar e cumprir o prometido é investir em equipamentos de qualidade para assegurar mais comodidade e conforto.

Entre as opções que você tem estão as roupas de cama antialérgicas, wi-fi liberado e de alta velocidade, ar-condicionado, chuveiro com aquecimento a gás, TV de tela plana com programação a cabo, café da manhã com diferentes opções de alimentos, academia, sauna etc.

Como você pode perceber, não é preciso ampliar a estrutura do hotel para agregar valor. Basta executar bem aquilo que seu negócio já oferece.

4. Invista fortemente na recepção dos hóspedes

A recepção dos hóspedes é o primeiro contato dos clientes com o seu hotel. Sua equipe deve estar preparada para esse momento, porque tudo pode ser perdido por alguma falha.

Uma questão importante é que os colaboradores devem saber lidar com a diversidade, seja na questão de gênero ou racial, seja na capacitação dos profissionais ou oferta de serviços.

Por exemplo, a equipe pode oferecer cardápios diferenciados e inspirados em algum lugar do Brasil ou do mundo, estudar outros idiomas para atender melhor os hóspedes.

Uma ideia interessante é investir na capacitação diferenciada para os colaboradores. Enquanto um deles estuda espanhol, por exemplo, outro aprende inglês e um terceiro faz um curso de libras. A ideia é abranger o maior número possível de situações e ter uma equipe altamente especializada em diferentes setores.

5. Atente-se aos feedbacks dos hóspedes

Os hóspedes fornecem uma boa quantidade de feedbacks. Em que isso deve interferir na sua gestão? Essa é uma oportunidade de ajustar o seu hotel e melhorar o gerenciamento de todo o negócio.

Solicite os feedbacks por meio de caixinhas de sugestões na recepção, reuniões periódicas com a equipe ou pesquisas de satisfação no check-out. Verifique o que pode ser melhorado e tenha certeza de que sempre há espaço para isso.

Invista em melhorias no atendimento, na programação, na limpeza e todos os outros aspectos. Tenha esforços constantes, porque a comodidade pode deixar você ficar para trás.

6. Cuide do feedback da equipe

A equipe também é uma fonte de feedbacks e deve receber o retorno de como cada colaborador está trabalhando. Esse recurso permite alinhar objetivos e processos individuais aos exigidos pelo seu hotel.

Evidencie os pontos positivos de cada um e indique os negativos. Sempre especifique o que pode ser feito para melhorar. Ao mesmo tempo, esteja aberto aos feedbacks a respeito da sua liderança. Isso ajuda na motivação e no engajamento da equipe, que impactam a produtividade e o atendimento.

7. Aposte no controle financeiro

O sucesso e o crescimento sustentável de qualquer negócio dependem da gestão financeira. É preciso ter controle de todas as entradas e saídas e cuidar do fluxo de caixa para analisar os dados e fazer projeções.

Invista em softwares de gestão financeira ou, pelo menos, planilhas simples, que podem facilitar o controle. A finalidade é ter uma visão mais ampla e evitar entrar no vermelho (ou sair dessa situação, caso sua empresa já esteja com dívidas).

O equilíbrio das finanças permitirá fazer um planejamento mais adequado para o crescimento do seu hotel. Assim, você poderá ampliar a estrutura e executar todas as ideias anteriores.

Por fim, lembre-se de não misturar as finanças pessoais com as do negócio. Defina um pró-labore (que é a remuneração do empreendedor) e passe o mês com esse dinheiro.

Gostou das 7 dicas de gestão hoteleira para impulsionar o seu negócio? Aproveite e siga a gente no Facebook, Twitter, Google+, LinkedIn e YouTube.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Guia completo para otimizar a comunicação em escritório de advocaciaPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Deixar comentário.

Share This
LIGAR ONLINE