TI híbrida: entenda melhor este conceito
Tecnologia da Informação

TI híbrida: entenda melhor este conceito

Escrito por Leucotron

A tecnologia digital já é parte fundamental de nossas rotinas pessoais e profissionais e, como esse campo continua crescendo cada vez mais, as revoluções e mudanças também permanecem constantes. Nesse contexto, o setor de tecnologia da informação, cuja importância também aumenta, precisa ficar por dentro das novidades e tendências.

E uma das maiores e mais importantes mudanças sofridas pelo setor nos últimos tempos é, sem dúvidas, o conceito de TI híbrida. Dentro dessa tendência, a TI trabalha tanto com servidores internos quanto com nuvens privadas e/ou públicas, ampliando assim a eficiência dos servidores e, consequentemente, de todo o seu trabalho.

A TI híbrida já mostrou que é uma tendência que veio para ficar. Isso acontece porque a combinação do interno com o externo permite que o setor aproveite tudo o que a tecnologia da nuvem tem a oferecer, ao mesmo tempo em que preserva os dados mais críticos nos servidores internos.

Assim, a empresa consegue reduzir custos, realizar uma maior amplitude de serviços e, ainda, ter mais flexibilidade e agilidade em sua estrutura de tecnologia da informação. Nada mal, não é mesmo? Então, conheça a seguir as principais características da TI híbrida e entenda melhor por que esse conceito revolucionou o setor!

Combinação de servidores internos e servidores externos

Como já adiantamos, essa é a principal característica da TI híbrida — tanto que seu nome vem justamente do fato de que mescla os servidores internos e locais com o uso de servidores externos, ou seja, alocados na nuvem.

Dessa maneira, a TI híbrida aproveita todos os benefícios do cloud computing sem deixar de fazer uso, também, dos mais tradicionais servidores internos. Assim, os dados da companhia passam a ficar armazenados em duas frentes, de acordo com sua natureza, o que deixa o processo mais seguro, rápido e confiável.

A TI híbrida é uma tendência tão forte que, em 2016, a Solarwinds publicou o documento chamado Relatório das Tendências de TI: A Evolução da TI Híbrida, que é interessante, entre outros motivos, por falar do contexto brasileiro em que a tecnologia se insere.

No relatório, podemos encontrar alguns dados bem importantes para mostrar como as empresas mais antenadas em relação ao TI já contam com a TI híbrida em seus setores:

  • 98% dos profissionais de TI que foram entrevistados pela Solarwinds enxergam a adoção do cloud computing como sendo importante para o sucesso a longo prazo dos negócios;

  • para 31% dos entrevistados, isso é extremamente importante;

  • 64% declararam que acham improvável que, mesmo a longo prazo, toda a infraestrutura de suas respectivas empresas migre para a nuvem;

  • somente 43% acreditam que metade ou mais da metade de suas infraestruturas de TI vai se encontrar na nuvem em um período de 3 a 5 anos.

Diante dessas descobertas, podemos perceber que a imensa maioria da comunidade de especialistas em TI que conversou com a empresa compreende a importância dos servidores na nuvem para seus negócios. Mesmo assim, eles também compreendem que a nuvem não chegou para armazenar a totalidade dos dados de uma empresa.

Caminho aberto para mudanças e novidades nos serviços

Outra característica fundamental da TI híbrida, a facilidade e a agilidade na implementação de novos serviços e funcionalidades é também um de seus maiores benefícios.

A mescla de servidores internos e externos faz com que cada um deles possa dar toda a sua capacidade para os dados que armazena, já que eles são distribuídos de maneira estratégica e otimizada.

Com isso, você terá um caminho aberto para investir em constantes inovações, evoluções e diferenciais para a empresa por meio do setor de TI. Funcionalidades, sistemas ou capacidade de processamento e armazenamento, por exemplo, poderão ser incluídos sempre que necessário sem maiores obstáculos.

Além disso, a TI híbrida também permite que você rastreie essas alterações dentro dos servidores. Diante disso, é possível redimensionar, eliminar ou adicionar recursos de acordo com a tendência de consumo do setor.

Automatização de processos

A TI híbrida também prevê a automatização máxima dos processos. Afinal, como os servidores funcionarão de maneira mais estável e eficiente, o negócio terá as condições necessárias para manter-se em funcionamento constante, sem quedas, travas ou atrasos causados por problemas no TI.

Suponhamos que, em determinado período, o site da sua empresa recebe um número mais alto do que o normal de acessos. Imagine se os servidores não dão conta do recado, fazendo com que o site caia e você perca milhares e milhares de visitas?

Dentro da TI híbrida, os servidores identificam automaticamente esse crescimento nas visitas ao site e, de maneira automatizada, despende os recursos necessários para que a página consiga receber todos esses visitantes e realizar as transações ou ações que eles forem fazer ali dentro, caso elas existam (vendas, cadastros, envios, por exemplo).

E isso também acontece na situação oposta — se a TI híbrida identifica que determinado campo (por exemplo, contas a pagar) está mais inativo, ou seja, não precisa de tanto trabalho dedicado por parte dos servidores, os sistemas vão realocar os recursos tecnológicos para outras demandas que estiverem precisando mais deles.

Como você pode imaginar, isso gera um aumento considerável de produtividade e na economia, pois você não será deixado na mão pelos sistemas e não precisará arcar com os custos de desperdícios.

Ferramentas de monitoramento

A TI híbrida permite que você monitore dados e números que dizem respeito a todos os processos de TI — ou seja, de toda a empresa, já que a tecnologia da informação dá suporte e oferece soluções para a organização como um todo.

Dessa forma, é possível ir desenhando o setor e a própria TI híbrida de acordo com o que funciona melhor dentro da realidade do seu negócio, incluindo os desempenhos de todos os integrantes da equipe.

O que está dando certo? O que vêm apresentando resultados abaixo do esperado? Quais campos do atendimento poderiam ser reforçados em um treinamento? Além dessas perguntas, o monitoramento proporcionado pela TI híbrida também permite que você compreenda melhor as necessidades, expectativas e problemas dos seus clientes.

Viu só? A TI híbrida chegou para ficar, e sua empresa não pode ficar para trás! Para continuar por dentro das melhores tendências do mundo da tecnologia, assine agora mesmo a nossa newsletter gratuita e receba nossos posts na sua caixa de entrada.

Powered by Rock Convert

Deixar comentário.

Share This