conexão remota

Conexão remota: 7 medidas que garantem mais segurança dos dados

A pandemia causada pela COVID-19 impactou as empresas e causou mudanças nos ambientes profissionais em praticamente todos os segmentos do mercado. A maioria dos colaboradores teve que fazer uso de conexões remotas e trabalhar em home office durante os períodos de isolamento.

Neste artigo, vamos explicar o que é conexão remota e sobre os riscos que envolvem esse tipo de trabalho, como phishing, malware e outras ameaças. Por outro lado, vamos mostrar algumas medidas de proteção de dados nesses locais, como alterar senha, instalar um bom antivírus, alterar a senha padrão do roteador e usar uma VPN.

Precisa de mais informações sobre conexão remota? Leia este artigo até o fim e descubra dicas importantes.

Saiba o que é conexão remota

A conexão remota é o acesso feito por meio de um computador a um servidor privado que geralmente pertence a uma empresa. O equipamento não fica conectado à rede fisicamente, mas a tecnologia permite que ele se conecte embora, esteja distante. Isso é importante para os trabalhadores que fazem trabalho remoto ou home office.

Descubra os riscos que envolvem esse tipo de trabalho

Esse tipo de conexão é uma ótima opção, mas gera riscos. Os dados corporativos não podem ficar expostos a terceiros mal-intencionados, ou a empresar poderá ter prejuízos irreparáveis. Para evitar qualquer problema, é importante conhecer os perigos e saber como eliminá-los.

Phishing

O phishing é uma forma de acessar redes corporativas que tiram proveito do pânico, do medo e da urgência para pressionar os colaboradores a entrar em sites por meio de links maliciosos. Normalmente, é utilizado por hackers para a manipulação dos usuários.

Malware

Os malwares ou vírus criados por criminosos são riscos reais que podem invadir os sistemas e causar estragos relevantes. Elas precisam ser detectadas pelos analistas de segurança que também enfrentam desafios na hora de investigar essas ameaças.

Entenda as medidas de proteção de dados

Uma medida de segurança importante é salvar os arquivos na nuvem por meio de uma ferramenta confiável. Dessa maneira elas ficarão acessíveis e o ofertante do serviço se responsabiliza pela segurança das informações. Veja a seguir outras medidas importantes para proteger os seus dados!

1. Alterar suas senhas

As redes domésticas são menos seguras do que as corporativas. Por esse motivo, é preciso adotar senhas fortes e configurar a verificação de duas etapas para serviços online. Prefira sequências com letras, números e símbolos.

2. Instalar um bom antivírus

Instale um antivírus confiável e faça varreduras constantes no computador para trabalhar com mais segurança. Há alternativas gratuitas que complementam as ferramentas do Windows 10 ou os equipamentos da Apple.

3. Alterar a senha padrão do roteador

Troque a senha padrão do roteador antes de fazer uso do Wi-Fi da sua casa para fazer as suas tarefas. Os códigos de fábrica são bastante conhecidos e permitem que invasores acessem e controlem a rede, além de infectar outros dispositivos.

4. Usar uma VPN

A melhor forma de proteger as informações corporativas e trabalhar com tranquilidade em casa é utilizar uma VPN. Essa tecnologia cria um túnel entre o servidor da empresa e o seu computador e impede possíveis invasões.

5. Atualizar computador e aplicativos

Atualize os seus equipamentos, computadores e aplicativos. Os pacotes de programas mais recentes são mais seguros e essa operação é bem simples de fazer no Windows 10. Basta deixar o aparelho configurado para fazer isso automaticamente.

6. Ter cuidado extra com spam e phishing

Tenha cuidado para evitar phishing e não abra mensagens que foram enviadas para o spam. Todos os dias são realizadas tentativas para acessar e-mails corporativos e pessoais para obter dados confidenciais.

7. Ativar a criptografia do computador

A criptografia é uma excelente solução para evitar o roubo dos dados que ficam armazenados nos equipamentos. Ative essa opção no seu computador se ele tiver poder de processamento para trabalhar a codificação dos arquivos.

Entendeu o que é conexão remota e quais medidas garantem mais segurança dos dados? Evite utilizar HDs externos, pendrives ou outros dispositivos que servem de porta para a entrada de vírus.

Achou interessante? Então compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais: Facebook e LinkedIn.

Quer saber mais sobre atendimento ao cliente e interações digitais?

Receba os melhores conteúdos produzidos para você gratuitamente.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.