Trabalho remoto: tudo que você precisa saber sobre o assunto
Gestão de Empresas

Trabalho remoto: tudo que você precisa saber sobre o assunto

Escrito por Leucotron

O trabalho remoto é uma tendência cada vez mais incorporada por empresas e profissionais Brasil afora. Se tornando uma prática usual em diversas áreas, a possibilidade de realizar atividades a distância abre um novo panorama nas relações de trabalho, inserindo novos modos de desempenhar tarefas.

Mesmo os gestores mais tradicionais se surpreendem com a riqueza de possibilidades oferecida pelo trabalho remoto, que se relaciona harmonicamente com as necessidades contemporâneas de serviço e desempenho de projetos.

Certamente algumas áreas conseguem ter benefícios mais claros com a escolha do trabalho fora da empresa sede. No entanto, todas as áreas têm algum setor ou equipe que podem direcionar para o trabalho remoto, com ganhos para todos os lados.

Em todos os casos, o treinamento adequado e o acesso às ferramentas designadas a este tipo de trabalho podem transformar a rotina do profissional, resultando em alta produtividade e um dia a dia muito mais prazeroso no desempenho das tarefas.

Conheça as vantagens do trabalho remoto, e acompanhe este guia completo que vai tirar todas as suas dúvidas a esse respeito! Saiba também dos prós e contras do trabalho a distância e analise se este perfil é adequado para a sua empresa.

O que é trabalho remoto?

Ao pé da letra, o trabalho remoto significa o trabalho feito a distância. Porém, o conceito abrange muito mais: quer dizer o trabalho que pode ser feito de qualquer lugar, seja de casa, quando estiver a campo ou mesmo em outra cidade fazendo turismo ou cursos de especialização.

No trabalho remoto, a grande diferença do convencional é a maneira como se organizam as cargas horárias. Metas, tarefas e atividades continuam tendo a mesma demanda e requerendo as mesmas habilidades e necessidades dos trabalhos não remotos.

A economia mundial pede que o trabalho hoje em dia seja mais dinâmico, incorporando as inovações exigidas pelo mercado. Os espaços de coworking e o home office se tornaram uma tendência mundial, sendo as formas mais comuns de realização de trabalho remoto.

Está enganado quem pensa que este tipo de trabalho é indicado somente para freelancers. Embora eles sejam os principais beneficiários da propagação do trabalho remoto, empresários e funcionários contratados também podem adotar o trabalho a distância na sua rotina.

Quais as principais vantagens do trabalho remoto para a empresa?

Em primeiro lugar, o trabalho a distância oferece uma significativa melhoria na gestão de funcionários e colaboradores. As soluções ganham mais agilidade, sendo o diálogo impulsionado pelas ferramentas de comunicação, sempre à disposição dos profissionais.

O controle de dados e informações referentes aos projetos é intensificado, porque todo o material trocado pode ser também compartilhado e armazenado automaticamente em históricos, gerando, deste modo, um arquivo rico para feedbacks e análises.

A redução de custos operacionais é um ponto que atrai muitos gestores pela eleição do escritório virtual em suas equipes. Como a contratação é feita de modo diferenciado, os encargos diminuem consideravelmente, tendo em vista a dispensa de custos como vale-transporte e alimentação.

Com relação ao espaço físico, a administração também fica livre de despesas com aluguel, luz, água e todos os serviços de manutenção como limpeza e segurança.

Com o nível de estresse menor e maior colaboração entre as partes, a produtividade tende a aumentar. Podendo o funcionário elaborar o seu próprio cronograma dentro do plano de atividades, consegue ajustar com mais propriedade seu período de férias, os compromissos familiares, de saúde e também os planos de carreira, que envolvem cursos, treinamentos e especializações.

O engajamento, deste modo, se torna mais intenso e consciente, tendo os funcionários uma relação mais dedicada com o trabalho.

Quais os benefícios gerados para o colaborador?

A qualidade de vida é, sem dúvida, um dos grandes, se não o maior benefício para quem trabalha remotamente. A não interferência de fatores externos na rotina de trabalho faz com que o tempo direcionado ao trabalho melhore em conteúdo e qualidade.

O fato do funcionário não precisar se locomover até o local de trabalho evita, além do estresse do trânsito, o risco de lidar com adversidades como acidentes, engarrafamentos e outros imprevistos. Sem contar também o tempo de deslocamento, que é revertido ou para o trabalho ou para as atividades pessoais do profissional.

Ainda em termos de qualidade de vida, o sono e a alimentação se tornam mais saudáveis. A pessoa que realiza o trabalho remoto tem a vantagem de poder aderir a uma rotina de acordo com a sua preferência, não precisando abrir mão de hábitos de considera saudável em função da carga horária gasta no serviço.

Para quem deseja fazer especialização em outra cidade ou mesmo em outro país, com a possibilidade do trabalho remoto as suas chances se ampliam, pois se torna viável viajar para outro lugar sem ter que abrir mão da vida profissional.

Esse incentivo pode e deve ser feito por parte dos próprios gestores, estimulando a participação de seus funcionários em programas de treinamento e especialização. Os ganhos são revertidos, ainda que a médio e longo prazo, para o corpo profissional da empresa, que poderá contar com mão de obra cada vez mais especializada e atualizada com as tendências do mercado.

Como é a rotina de uma empresa que opta pelo trabalho remoto?

Assim como nas empresas convencionais, as metas daquelas que possuem trabalhos remotos devem ser desenvolvidas com a máxima clareza antes de serem repassadas aos funcionários. Todas as atividades devem ser desenvolvidas com riqueza de detalhes, geralmente por escrito.

A adoção de um programa modelo pode amenizar a transição das empresas que existem fisicamente, sendo o período de implementação encarado como um treinamento. Após a implementação do trabalho remoto, a empresa desenvolve o seu próprio método de distribuição de tarefas, de acordo com as funções de cada funcionário.

Mesmo que todo o trabalho possa ser desenvolvido em plataformas digitais, é essencial a aproximação entre gerentes e executores de tarefas. Quando não é possível realizar reuniões presenciais, podem ser feitas teleconferências entre as equipes. As reuniões não devem demorar mais do que 15 dias, auxiliando dessa forma o pleno desenvolvimento das tarefas.

As métricas e os programas de avaliação são geradas conforme a dinâmica do trabalho. São gerados questionários que avaliam periodicamente o desempenho e a satisfação dos funcionários. Os canais de comunicação usados no cotidiano, como redes sociais corporativas ou programas de tarefas colaborativas, servem como espaços para feedbacks e acompanhamento da realização das atividades.

Qual a relação entre salário e trabalho remoto?

É preciso analisar cuidadosamente todos os fatores de vantagens e desvantagens para a implementação do trabalho remoto. Em grande parte dos casos, o trabalho feito em casa ou em espaços compartilhados de trabalhos são uma solução inteligente que vai de acordo com as tendências do mercado, gerando benefícios tanto para a instituição como para colaboradores.

No entanto, é preciso implementar conjuntamente com as ações, a filosofia do trabalho remoto, esclarecendo que o conforto da liberdade no trabalho não significa necessariamente trabalhar menos do que se estivesse se deslocando até uma empresa todos os dias.

Contabilizar a relação de horas de trabalho e salário é uma função que deve ser desempenhada tanto pelos administradores quanto pelos empregadores, de modo a controlar e direcionar melhor as funções de acordo com a carga horária. Veja as ferramentas essenciais para o trabalho remoto:

Dispositivos eletrônicos básicos

Embora sejam requisitos básicos, não custa afirmar a necessidade da obtenção de equipamentos eletrônicos como smartphone, computador e tablets com uma conexão eficiente de internet. A conectividade é essencial para a rotina do trabalho remoto.

Os aparelhos eletrônicos devem possuir sistemas operacionais atualizados e compatíveis com os programas. Confira também quais são os programas mais utilizados por quem trabalha a distância.

Aplicativos de chats e hangouts

Alguns programas corporativos trazem soluções personalizadas que funcionam como uma rede interna. Tendo basicamente campos para trocas de mensagens, os aplicativos funcionam como um chat, podendo sinalizar a disponibilidade do funcionário e idealmente oferecendo a opção de envio e troca de arquivos.

Os hangouts são as trocas de mensagens que podem ser feitas por vídeo, transmissão ao vivo e também ligação Voip. Em alguns aplicativos, as mensagens de vídeo podem ser enviadas como se fosse a função de caixa postal, e ficam armazenadas até o próximo acesso do destinatário.

Ainda que existam bons programas online gratuitos de chats e hangouts, as soluções corporativas oferecem segurança de conectividade e de privacidade de dados. Embora sejam pagos, os aplicativos direcionados às empresas oferecem um bom custo-benefício com relação ao rendimento dos funcionários.

Armazenamento online de dados

O armazenamento é um dos grandes desafios do mundo contemporâneo, seja no âmbito pessoal ou no trabalho. Atualmente, existem diversos servidores que oferecem este tipo de serviço, sendo possível compartilhar de todo o material colocado em rede.

O espaço para guardar os arquivos do trabalho devem ser equivalentes ao necessário para o bom desempenho das tarefas, tendo sempre uma quantidade reserva sobressalente para guardar dados eventuais e não sobrecarregar as pastas virtuais.

A vantagem da nuvem é a possibilidade de armazenar arquivos de diversas naturezas — vídeos, textos, imagens etc — estando seguros e livres de ocasiões eventuais como quebra de equipamentos, assaltos e outros imprevistos indesejados.

Guia completo para otimizar a comunicação em escritório de advocaciaPowered by Rock Convert

Agenda virtual compartilhada

Indispensável no caso de equipes que trabalham a distância, as agendas virtuais são a melhor forma de acompanhar o desenvolvimento de projetos e o cumprimento dos prazos estabelecidos. A agenda pode trazer campos complementares como anotações, lembretes e a programação de alarmes.

Com as agendas virtuais, toda e qualquer alteração é passada aos outros membros simultaneamente, estando assim todos a par das movimentações e da inserção de novas tarefas. É possível também modificar quem visualiza e quem pode editar os dados, passando a função da organização para líderes e gestores de equipes.

PABX e ramais móveis

Auxiliando o profissional a se tornar presente em qualquer hora do dia, as centrais de PABX permitem utilizar o próprio smartphone como um ramal móvel. Basta que ele esteja conectado à internet, os PABX do tipo IP, ou híbridos, podem ser utilizados tanto para receber quanto para realizar chamadas.

Oferecendo uma cobertura diferenciada, os ramais móveis de celular não dependem diretamente de conexão de alta velocidade, sendo além de tudo, bastante vantajosa em termos de economia. A produtividade também é beneficiada, tornando o funcionário acessível utilizando recursos como smartphone com Android ou iOS, o que geralmente ele já possui.

A instalação é feita de modo simplificado, sendo necessário, em algumas opções, somente baixar o aplicativo no celular, uma vez que o serviço já esteja contratado. Resta a configuração de acordo com os parâmetros do servidor e já está pronto para usar.

Programas de gestão a distância

A administração de tarefas e funcionários a distância também exige ferramentas diferenciadas. Para o pleno acompanhamento das atividades, os programas devem permitir o compartilhamento de conteúdo dos projetos, a designação de responsáveis para cada função, sincronizando ainda observações, comentários e alterações.

A alteração desses elementos em tempo real dinamiza a execução das tarefas, permitindo também acessar os projetos em andamento, interferindo para precaver possíveis erros e adiantar informações importantes com relação às atividades.

A gestão a distância, embora possa ser feita em sua maior parte online, deve também ter canais de conversação por voz e a possibilidade do uso de vídeo. Esses podem ser programados para utilização conjunta com chats, de preferência com interação compatível entre eles.

Sistemas de avaliação online

Nas empresas físicas, os sistemas de atendimento ao cliente funcionam de forma diferente, podendo o cliente conversar com os atendentes quando possuem alguma dúvida ou estão insatisfeitos. Sem esta viabilidade, a empresa precisa formular sistemas de atendimento que contemplem as plataformas digitais.

O recurso pode ser aplicado na plataforma de comunicação PABX ou a Call Centers, promovendo interação de dados pela interface da web. Com uma usabilidade agradável e acessível, as informações ficam armazenadas na plataforma e podem ser exportadas por meio de planilha eletrônica ou infográficos.

Os clientes são contabilizados e é gerado um protocolo automaticamente a cada chamada avaliada.

Qual a necessidade de proatividade dos funcionários?

A produtividade tende a aumentar com a implementação do trabalho remoto. Considerando que a jornada de 8 horas de trabalho não inclui o deslocamento nem as horas de trabalho extra, como relatórios, o trabalho a distância permite que a flexibilidade torne as horas trabalhadas mais produtivas.

Para isso, os funcionários devem demonstrar maior concentração e determinação para lidar com o desempenho das tarefas no prazo. Por isso, pessoas que sofrem com a dispersão e ambientes coletivos, devem ser treinadas para melhorarem a sua produção.

Quais os cuidados necessários para um bom trabalho?

A empresa deve criar políticas preparadas para lidar com as responsabilidades que envolvem funcionários, cujas modificações devem ser feitas desde o jurídico até o RH. Uma lista de equipamentos e programas deve ser feito e certificado que todos os profissionais ligados a instituição terá acesso a esses mesmos dispositivos.

Os treinamentos devem fazer parte do planejamento de gestão da empresa. O trabalho remoto depende de aparatos tecnológicos e habilidades que, assim como em qualquer outra função, exige atualização constante. Designar um tempo para treinar os funcionários é essencial para o bom funcionamento de todos os setores. Atividades que integram mais de uma equipe também são indicados, para promover um período de convivência presencial com os colaboradores.

Estabelecer regras de convivência e de relacionamento criam um parâmetro a ser seguido por todos os funcionários, tornando mais fácil a administração da rotina de atividades e também da reparação de erros, quando houver. Os estatutos devem ser compartilhado com todos e estar sempre visível para consulta para o caso de haver dúvidas ou a necessidade de esclarecimentos.

As avaliações e feedbacks devem ser reformuladas direcionadas para a dinâmica do trabalho remoto. Além dos relatórios e questionários de análise de desempenho, reuniões presenciais são necessárias. Uma agenda compartilhada especificamente para as avaliações deve ser elaborada com antecedência, de modo que todas as partes possam se programar.

Quais as aptidões indicadas para um bom funcionário?

Os funcionários da empresa que trabalham remotamente precisam desenvolver uma série de aptidões específicas, que mesmo que não sejam naturais do perfil profissional, podem ser desenvolvidas com treinamento e boas práticas de influência promovidas pela corporação.

A organização é a principal delas, pois permite que a vida pessoal e a profissional sejam desenvolvidas em proximidade, porém sem necessariamente interferir uma a outra. A organização diz respeito tanto ao espaço físico, do home office ou do coworking, tanto quanto do espaço virtual, no desempenho das tarefas e atividades.

Algumas técnicas de organização ensinam a deixar o local de trabalho organizado, usando os meios certos para armazenamento de materiais, elaborando quadros de tarefas, agendas, e outros recursos.

A autonomia é outra habilidade bastante valorizada entre os profissionais de trabalho remoto. Embora as gerações mais novas estejam mais acostumadas a desenvolverem atividades sem terem necessariamente um “chefe” acompanhando todos os processos, todos podem desenvolver a responsabilidade de trabalhar sozinho.

Ter uma agenda atualizada, equipamentos eficientes e uma boa comunicação com os outros membros da empresa impulsionam a tomada de decisões com responsabilidade e a execução de projetos com mais autonomia.

Aqueles que estão acostumados com relações mais colaborativas também se dão muito bem no trabalho remoto, por interagirem com maior proatividade tanto com clientes quanto com outros funcionários.

Como é a comunicação com segurança entre colaboradores?

Um dos grandes desafios da implementação de inovadoras formas de trabalho está em lidar com uma comunicação afinada entre toda a equipe e clientes. A comunicação presencial tem grandes vantagens, como a possibilidade de estudos profundos sobre projetos e a ampliação do diálogo.

No entanto, esta proximidade pode ser desenvolvida por meio da utilização dos meios certos de comunicação entre os funcionários e entre colaboradores e clientes. Ferramentas como ramais móveis permitem que as ligações sem custo sejam um facilitador para a resolução de problemas.

Reuniões remotas são atividades constantes para quem trabalha a distância, e ter bons programas e aplicativos disponíveis, gera melhor entendimento entre as equipes. Investir na comunicação ocasiona melhora nas metas de trabalho, gerando prazos menores na entrega de tarefas e consequentemente o aumento de lucro para a empresa.

Quais os modelos de negócio ideais para essa proposta?

O trabalho remoto pode beneficiar qualquer área de trabalho. No entanto, algumas delas possuem uma natureza que se encaixa melhor com o trabalho remoto do que com empresas físicas. É o caso daquelas que trabalham com a criatividade e a tecnologia, por exemplo.

A rotatividade de profissionais do ramo da tecnologia, por exemplo, é um dos grandes problemas para as empresas. A necessidade de treinamentos em outras cidades, as atualizações constantes e demandas técnicas específicas levam aos funcionários mudarem de empresas. Com o trabalho remoto, a retenção de funcionários no âmbito da tecnologia se torna mais bem-sucedida, atraindo candidatos qualificados para as empresas.

Também se beneficiam do trabalho remoto as áreas e marketing e publicidade, por terem que lidar criativamente com a rotina de tarefas, e também pela quantidade de reuniões que naturalmente desempenham em seus projetos.

Os profissionais que trabalham com consultoria e contabilidade têm pouca necessidade de uma estrutura física para o desempenho de suas funções, sendo aconselhável que tenham bastante mobilidade para otimizar os seus ganhos.

Quais as vantagens para o meio ambiente e para a sociedade?

Atualmente, estamos em um período de ressignificar as relações de economia e trabalho, gerando condições profissionais que vislumbrem não só o lucro, mas uma melhora para a coletividade e para o meio ambiente.

O trabalho remoto contribui para a diminuição do trânsito e por consequência do consumo de combustível. A economia de recursos se expande para gastos como energia elétrica e água, por não ter que manter uma estrutura física sem interrupção.

A flexibilidade do trabalho remoto mudou os parâmetros do mercado, se tornando a melhor forma de colaborar com a construção de talentos e profissionais antenados com as demandas contemporâneas da economia.

Muitas vezes, ficar muitos anos em uma empresa significa estagnação e dificuldades de evolução. O movimento gera estímulo, incentivo e cria um ambiente dinâmico.

Para a competitividade, o trabalho remoto contribui gerando intercâmbios saudáveis de conhecimento e informação, uma vez que a mobilidade do profissional também permite que ele esteja constantemente em contato com outras áreas de pensamento.O trabalho remoto pode ser a solução para os problemas da sua empresa.

Se você gostou deste artigo, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais!

Powered by Rock Convert

Deixar comentário.

Share This