Entenda os riscos do uso de hardwares piratas para o seu sucesso
Gestão de Empresas Tecnologia da Informação

Entenda os riscos do uso de hardwares piratas para o seu sucesso

hardware pirata
Escrito por Leucotron

Os avanços tecnológicos mudaram a forma como nos relacionamos com nossos amigos, colegas de trabalho e clientes. Hoje em dia, qualquer pessoa utiliza a internet para fazer compras, verificar e-mails e acompanhar as notícias do mundo em tempo real.

Essas mudanças chegaram ao mercado profissional também.

Não é mais admissível utilizar práticas obsoletas, que ignoram a utilização de máquinas e programas computacionais.

A automação de processos é um bom exemplo de como esse assunto melhora o desempenho de uma empresa, já que ela reduz o tempo de trabalho, melhora a qualidade do serviço prestado e otimiza os investimentos realizados.

Entretanto, você deve tomar muitos cuidados antes de adquirir programas e peças para o seu negócio. A falta de conhecimento faz com que muitos profissionais adquiram um hardware pirata, por exemplo.

Se você não consegue reconhecê-lo, provavelmente, vários problemas podem acontecer em sua rotina de trabalho.

Por esses motivos, este post vai ajudá-lo a entender um pouco mais sobre esse tópico. Você vai aprender importantes conceitos sobre essa área de atuação, descobrir quais motivos fomentam o uso de hardwares piratas e quais são os riscos que eles causam. Confira a seguir.

Quais componentes dos computadores são alvos de fraudes?

O cenário digital abriu várias portas para o crescimento de uma empresa. Contudo, ele também permite que criminosos tentem burlar as leis existentes. A pirataria faz o Brasil perder R$ 130 bilhões por ano, valor que poderia ser investido no desenvolvimento de novas tecnologias, no aumento da produção empresarial e na contratação de novos funcionários.

Os piratas digitais oferecem softwares e hardwares piratas. A falsificação de CDs e DVDs é um de seus exemplos mais comuns. Os infratores utilizam a internet para baixar programas piratas e os distribuem em todo o país. As músicas, os filmes e os seriados, os jogos e os programas digitais são os maiores alvos dos transgressores.

Mas o problema não para por aí. Os componentes físicos, como placas-mãe, memórias de computador e pendrives, são falsificados também. O hardware pirata é comumente encontrado à venda na internet como se fosse um produto original.

Os processadores piratas, por exemplo, são comercializados como mercadorias originais, mas existem algumas diferenças entre eles.

Apesar de a aparência ser idêntica, a quantidade de pinos e o tipo de encaixe denunciam a fraude. Porém, as empresas só reconhecem essas questões quando recebem os produtos.

Em alguns casos, não existe controle de qualidade por parte dos produtores, gerando brechas para a comercialização de mercadorias recauchutadas e de baixa qualidade.

De qualquer forma, é preciso ficar muito atento para não atrair esse tipo de problema para o seu negócio e colocar em risco o funcionamento de suas atividades.

Como um hardware pirata é prejudicial à sua empresa?

Percebe-se que a pirataria é uma questão que atrapalha o desempenho de uma empresa. Mas por que um hardware pirata ainda encontra consumidores no mercado?

Isso acontece porque, na maioria das situações, ele é mais barato. Quem utiliza apenas o critério financeiro para se decidir acredita que essa é a melhor a opção a ser tomada.

Na verdade, uma mercadoria falsificada gera grandes dores de cabeça para um negócio. A falta de suporte do produtor é um de seus principais problemas.

Se você detectar falhas no funcionamento, você não tem onde procurar ajuda. Além do mais, o andamento dos processos empresariais pode ser paralisado caso a situação não seja solucionada a tempo.

Outro ponto importante está relacionado às multas que são aplicadas em quem utiliza produtos piratas. A sua instituição pode ser multada por causa do uso indevido de um software ou hardware pirata. Com isso, a economia alcançada com a aquisição do produto se transforma em um grande prejuízo no final das contas.

Não se esqueça de que os consumidores não querem se relacionar com gestões que não respeitam as leis e tentam encontrar formas para burlá-las. Assim, os seus concorrentes que adotam práticas corretas acabam ganhando mais notoriedade no mercado. Dessa forma, evite trabalhar com mercadorias falsificadas e alcance o sucesso que você deseja.

O uso de novas tecnologias em sua empresa é um caminho sem volta. Elas derrubam as barreiras que atrapalham o seu crescimento e criam novas oportunidades para atrair cada vez mais clientes. Como o mercado está muito concorrido, você deve fazer um planejamento baseado em ferramentas avançadas, que melhoram a performance de todos.

Portanto, analise muito bem o seu processo produtivo e encontre os gargalos que o atrapalham. Entenda como é possível melhorar o relacionamento entre colaboradores, clientes e fornecedores com o uso de produtos tecnológicos.

Nessas horas, é fundamental conhecer os perigos de um hardware pirata, a fim de evitá-los em sua gestão. Eles trazem consequências financeiras e judiciais que não permitem a otimização dos processos.

Ao ler o nosso post, você aprendeu a importância de alguns termos e como eles são relevantes para a obtenção de resultados positivos.

Lembre-se de que é essencial contar com fornecedores de hardwares e softwares de confiança. Por isso, trabalhe com parceiros que respeitam as leis existentes e que não praticam pirataria. Como consequência disso, é possível adequar o seu planejamento às demandas dos clientes e prestar um serviço de qualidade.

E então, o que você achou do nosso conteúdo? Como o assunto discutido pode ajudá-lo em seu dia a dia de trabalho? Conte para a gente no espaço abaixo!

Share This