Confira as tendências para área de infraestrutura de TI, segundo a Gartner
Tecnologia da Informação

9 principais tendências para área de infraestrutura de TI, segundo a Gartner

Confira as tendências para área de infraestrutura de TI, segundo a Gartner
Escrito por Leucotron

A capacidade de tomar uma decisão de TI com confiança não depende mais da quantidade de conhecimento que você possui e sim de ter a informação certa no momento certo. Isto é, em um mundo cada vez mais competitivo sobrevive aquele que, além de se ajustar às mudanças do mercado, dispõe de soluções inovadoras.

Dessa forma, para obter os mecanismos certos para o seu tipo de negócio, sobretudo na área de tecnologia, é primordial atentar às tendências do mercado. Pois, tomar uma decisão de TI correta pode ser o diferencial que determinará o sucesso ou fracasso da sua empresa.

Neste sentido, preparamos este artigo com 9 principais tendências na área de infraestrutura TI segundo a Gartner. Quer saber quais são? Então, acompanhe a leitura.

9 tendências de TI segundo a Gartner

A Gartner, líder no segmento de Tecnologia da Informação, divulgou recentemente uma lista com as principais tendências tecnológicas que as empresas precisam explorar ainda este ano. Confira!

1. Máquinas autônomas

Os robôs, drones e veículos autônomos que utilizam a Inteligência Artificial para automatizar funções antes feitas por humanos terão maior destaque este ano. Isso porque sua automação foi feita com tecnologia moderna capaz de fornecer comportamentos avançados que interagem naturalmente com o ambiente e com as pessoas.

Dessa forma, as máquinas autônomas seguem evoluindo com o propósito de serem ferramentas colaborativas inteligentes, com diferentes dispositivos trabalhando juntos de forma independente da ação humana.

2. Inteligência Artificial — IA

A Inteligência Artificial é uma tecnologia inovadora que proporciona aos seus usuários oportunidades únicas que os ajudarão a alcançar suas metas de negócios, visto que ela gera valor com base nos resultados obtidos por meio da experiência do cliente, redução de custos e geração de receita.

Por esse motivo, os cientistas de dados buscam constantemente maneiras de criar soluções aperfeiçoadas por meio da Inteligência Artificial, dando origem a um sistema que trabalhe sozinho utilizando padrões predefinidos.

Essa tecnologia outorga ao desenvolvedor, além dos próprios modelos, um ecossistema de algoritmos que possuem ferramentas de desenvolvimento responsáveis por agregar recursos e modelos de IA a uma solução.

Dessa forma, entende-se que os aplicativos de IA são mais que projetos técnicos. Conforme essa tecnologia é aplicada ao próprio processo de apuração para automatizar múltiplas funções da ciência de dados e testes, surgem oportunidades que por sua vez garantem o desenvolvimento desses aplicativos.

3. Augmented Analytics

O Augmented Analytics ― ou análise aumentada — utiliza o Aprendizado de Máquina (Machine Learning – ML) e o Processamento de Linguagem Natural (NLP) para transformar a maneira como o conteúdo analítico é desenvolvido, consumido e compartilhado.

Sendo assim, os recursos analíticos são a ferramenta ideal para a preparação e gerenciamento de dados, análise moderna, administração de processos de negócios, mineração de recursos e plataformas de ciência de dados.

Vale lembrar que os insights automatizados de análises aumentadas serão agregados a aplicativos corporativos com a finalidade de otimizar as decisões e ações de todos os colaboradores envolvidos.

4. Blockchain

Com a promessa de remodelar as indústrias, trazer confiança, fornecer transparência e reduzir o atrito entre os ecossistemas de negócios, o blockchain tem a finalidade de:

  • reduzir os custos;
  • diminuir a duração de liquidação das transações;
  • melhorar o fluxo de caixa.

Por isso, muitas iniciativas de blockchain têm a capacidade de aprimorar o compartilhamento de informações entre organizações conhecidas e melhorar as oportunidades para rastrear ativos físicos e digitais.

5. Gêmeos digitais

Gêmeos digitais são reproduções feitas das linhas de produção por meio de um sistema de computação no qual, com a ajuda de um software, é possível simular alterações na montagem de um produto e prever os resultados antes de colocá-los em prática.

Redução de custos, maior flexibilidade, menos desperdícios e produtos diferenciados são algumas das vantagens que esta ferramenta proporciona. Neste sentido, a Gartner acredita que até 2020 haverá mais de 20 bilhões de sensores e endpoints conectados.

6. Experiência imersiva

Devido ao rápido avanço da tecnologia, as plataformas de conversação estão apresentando uma nova maneira das pessoas interagirem com o universo digital por meio da realidade virtual (VR), realidade aumentada (AR) e realidade mista (MR). Sendo assim, essa transformação nos padrões de percepção e interação permite ao usuário uma experiência imersiva no futuro.

7. Espaços inteligentes

Um espaço inteligente é de um ambiente físico que dispõe de recursos tecnológicos que proporciona ao usuário uma experiência imersiva por meio da interação cada vez mais abrangente e coordenada entre o homem e a tecnologia.

8. Computação quântica

A computação quântica (QC) é uma alternativa usada para resolver problemas de IA, assim como outros impasses que um computador convencional não resolveria. Esse modelo se baseia no estado quântico de partículas subatômicas, como elétrons e íons, que representam informações representadas por bits quânticos (qubits).

Dessa forma, a computação quântica é uma ferramenta primordial na área de pesquisa e desenvolvimento, pois permite resolver problemas em menos tempo, otimizar processos e sistemas de inteligência artificial, projetar modelos econômicos, entre outros benefícios.

9. Borda potencializada

A computação de borda ― ou edge computing — é uma rede que tem a finalidade de processar os dados de um local e realizar o armazenamento dessas informações em nuvem. Ou seja, essa tecnologia faz uma seleção inicial dos dados a fim de reduzir o tráfego e a latência.

Um pouco sobre a Gartner

A Gartner, há 40 anos, vem ajudando líderes a tomarem decisões certas e se manterem à frente das mudanças. Localizada no estado de Kentucky nos Estados Unidos, é uma empresa que entende bem a complexidade do cenário de TI.

Dessa forma, para fornecer aos seus clientes os insights, conselhos e ferramentas capazes de mudar suas visões e melhorar seu processo decisional, a Gartner vai muito além da pesquisa de tecnologia.

Sendo assim, a Gartner é uma empresa que atende líderes de todos os setores da indústria da tecnologia por meio de informações de qualidade, que os levam a fazer escolhas certas. A Gartner também proporciona ferramentas práticas que ajudam a transformar a estratégia em decisões e executar resultados mensuráveis.

Por esse motivo, a Gartner se tornou a principal empresa de pesquisa e consultoria do mundo, atendendo mais de 10.000 organizações espalhadas pelo globo.

Portanto, as transformações na área de infraestrutura TI serão inevitáveis. Dessa forma, além de atentar ao que acontece à sua volta, é importante buscar meios de se adaptar a essas mudanças e assim obter recursos que ajudarão no desempenho da sua empresa.

Então, gostou do nosso artigo? Aproveite para nos seguir nas redes sociais, estamos no Facebook, no Twitter, no LinkedIn e no YouTube.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Deixar comentário.

Share This
LIGAR ONLINE