Varejo: 3 formas de criar experiências que integram o digital e o físico

A combinação QR Code, WhatsApp e Chatbots Temáticos traz inúmeras possibilidades de interação entre o consumidor e uma marca. A criação de tais experiências está ligada ao Figital (no inglês, Phygital), conceito atual e com forte presença nas estratégias de Marketing Omnichannel dos principais varejistas do mundo.

O Figital ganhou ainda mais relevância durante a pandemia. E se refere à integração entre a experiência do consumidor no ambiente digital e nos pontos de venda da marca, de forma fluída e natural. O conceito engloba diversas camadas da operação do varejo, como unificação de estoque, de processos, de logística e também na experiência do consumidor com a marca, tema deste post.

Além do varejo, estas inúmeras possibilidades também se aplicam a setores como o de hotéis e resorts, eventos e festivais, mercado da música, cinema, agências de publicidade, shopping centers, educação, bens de consumo, entre muitos outros.

Abaixo, seguem 3 formas de criar engajamento a partir de experiências que integram o digital e as lojas físicas. Confira.

1 – Ponto de venda interativo com assistentes virtuais

Por meio de QR Codes no ponto de venda ou em peças de campanha, é possível estabelecer diálogos por WhatsApp ou outros canais digitais entre o consumidor e a marca. Iniciada a interação, Chatbots Temáticos podem entregar experiências exclusivas.

Durante uma campanha de Dia das Mães, por exemplo, o consumidor, a partir do ponto de venda físico, aponta seu celular para um display e começa a interagir com um Chatbot no WhatsApp. O assistente virtual o ajuda, a partir de perguntas sobre as preferências de sua mãe, a escolher o presente certo. 

2 – Etiquetas e embalagens que “falam”

Tanto durante, quanto após, o processo de compra, as etiquetas e embalagens de um produto podem se tornar uma forma poderosa de intensificar o engajamento entre o consumidor e uma marca. 

A partir de QR Codes impressos ou adesivados, o consumidor inicia diálogos com um Chatbot que pode auxliar na utilização do produto, dar dicas de produtos semelhantes ou complementares, oferecer promoções e descontos que podem gerar novas compras e, até mesmo, tirar dúvidas sobre processo de fabricação, origem, pós-vendas, entre outros.

Para complementar, é possível direcionar o consumidor a atendentes humanos ou páginas específicas, permitindo assim novas compras no seu site ou e-commerce.

3 – Lojas físicas como atendentes digitais personalizados

Outro desafio das marcas de varejo é realizar atendimentos personalizados com base na localização geográfica do consumidor. A partir do WhatsApp oficial da marca atrelado a uma solução Omnichannel, o atendimento pode ser feito pela loja física mais próxima do usuário.

Ao iniciar a conversa, a atendente virtual pede o CEP ou nome da cidade, e o diálogo é transferido à loja mais próxima. Assim, o consumidor pode obter um atendimento mais específico e personalizado. Já o WhatsApp pode ser acessado por QR Codes no ponto de venda e em anúncios impressos. Ou a partir de botões inseridos no seu site, e-commerce ou aplicativo.

Quer saber como podemos te ajudar a construir experiências que integram o digital e os pontos de venda físicos? Consulte já um de nossos especialistas.

Quer saber mais sobre atendimento ao cliente e interações digitais?

Receba os melhores conteúdos produzidos para você gratuitamente.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.