Entenda os maiores desafios de abrir um consultório médico hoje
Gestão de Empresas

Entenda os maiores desafios de abrir um consultório médico hoje

Escrito por Leucotron

O Brasil é o país do empreendedorismo, no entanto, isso não quer dizer que empreender seja uma simples missão. Abrir um consultório médico e torná-lo referência entre os pacientes, por exemplo, é uma tarefa que exige muito mais do que conhecimentos em medicina.

Quem deseja ter o próprio consultório precisa entender o atual cenário econômico brasileiro e estar preparado para os diversos desafios a serem superados em busca de sua melhor gestão e organização.

Nesse contexto, preparamos esse post que tem como objetivo apresentar-lhe os principais desafios de abrir um consultório médico nos dias de hoje. A seguir, você não só conhecerá os obstáculos, como receberá dicas para superá-los e alcançar o sucesso.

Caso tenha interesse em saber mais a respeito, continue com a leitura!

1. Excesso de burocracias administrativas

Muitos médicos sonham em ter o próprio escritório, mas ainda não se deram conta de que isso é se tornar um empreendedor e não um simples profissional da área médica. Isso quer dizer que, muito mais do que um bom nível de especialização em medicina, deverão estar preparados para a gestão administrativa de um negócio.

Por isso, assim como em qualquer empresa, o gestor deve preocupar-se com inúmeras questões:

  • conhecer e controlar custos operacionais (aluguel, água, luz, telefone);

  • adquirir mobiliário;

  • contratação e pagamento de secretária;

  • organização da agenda de consultas;

  • gestão do cadastro de pacientes;

  • manutenção de equipamentos;

  • pagamento de impostos.

De fato, esse excesso de responsabilidades relacionadas ao funcionamento de um consultório pode desanimar os menos persistentes. Porém, para você que deseja e pretende se esforçar pelo crescimento do negócio, existem dicas para tornar o desafio menor do que parece.

A dica é investir em planejamento. Comece a incorporar um pensamento empreendedor e tenha o hábito de planejar cada ponto de seu negócio. Além disso, seja organizado e utilize ferramentas tecnológicas para organizar as finanças e não perder prazos.

2. Dificuldades para organizar o histórico dos pacientes

Todo médico que deseja abrir um escritório busca alcançar a fidelização de seus pacientes. Dessa forma, é natural que você acompanhe o quadro de saúde de um mesmo indivíduo por um longo período, com várias consultas e retornos.

O que acontece é que, por falta de experiência com questões operacionais, alguns médicos não conseguem manter armazenados e devidamente organizados o histórico de consultas de seus pacientes e isso acaba comprometendo a qualidade do atendimento.

Mas é possível corrigir essa falha com a implementação de um software de gestão voltado para a área médica. Uma boa ferramenta o ajudará a manter tais dados seguros e organizados, podendo ser facilmente visualizados.

Salienta-se que com tanta tecnologia disponível não é interessante manter um controle manual e em agendas físicas, pois elas podem se perder ou danificar e prejudicar todo o andamento de suas consultas.

3. Ineficiência na marcação das consultas e retornos

Um consultório médico precisa ser eficiente ao marcar as consultas e retornos de seus pacientes. Afinal, isso está relacionado à qualidade do atendimento e influencia diretamente a satisfação de sua clientela.

Mas, sem as ferramentas adequadas isso pode se tornar um grande desafio para a maioria dos médicos. Imagine ter que fazer todo esse controle sozinho ou confiar apenas em sua memória e anotações. Certamente, as chances de erros no processo são grandes.

Portanto, uma estratégia eficiente é automatizar esses procedimentos por meio de um software que ofereça soluções de telefonia, por exemplo.

Frisa-se que os benefícios da utilização dessa tecnologia vão muito além de uma melhor comunicação com o paciente, pois eles também contribuem para uma maior organização do consultório, redução de custos com telefone e, ainda, confere mais mobilidade ao médico, que pode trabalhar e checar sua agenda a qualquer momento e em qualquer local.

4. Problemas para atrair os primeiros clientes ao abrir um consultório médico

Tomar a decisão de abrir um consultório médico é apenas o primeiro passo para se tornar um médico empreendedor. Logo em seguida, começa a surgir uma das maiores dúvidas desses empreendedores: como atrair os primeiros clientes?

Essa é uma dúvida comum, especialmente porque vivenciamos um período de crise econômica em nosso país e isso tem contribuído para uma mudança no comportamento do consumidor que, nos dias de hoje, é mais seletivo e exigente.

Apesar de parecer um grande obstáculo, alguns passos podem facilitar sua entrada no mercado:

  • escolha o seu público-alvo;

  • planeje a localização com base no público escolhido;

  • programe campanhas de marketing com linguagem e abordagem adequada;

  • invista em infraestrutura da clínica/consultório.

Em outras palavras, tenha em mente o tipo de cliente que você atenderá (idade, sexo, renda mensal, tipo de serviço mais demandado) e trabalhe todo o seu marketing tendo como referência as expectativas e necessidades desse grupo de pessoas.

5. Dúvidas ao precificar os serviços médicos

Precificar um produto ou serviço não é uma tarefa simples. Muitos fatores contribuem para a formação de seu valor e é preciso avaliar todas essas questões.

Médicos em fase inicial de abertura de um consultório podem ter dúvidas sobre quanto cobrar pela consulta e pelos procedimentos realizados e, diante disso, a melhor saída é realizar uma análise minuciosa dos gastos operacionais.

Em resumo, o valor cobrado por uma consulta precisa ser justa para o paciente, cobrir os custos de seu consultório e, é claro, valorizar os anos de estudo e dedicação à medicina. A princípio pode parecer complexo, mas tudo isso não basta de uma análise de custos e pesquisa de concorrência.

Anote todos os seus gastos mensais — desde a secretária à conta de telefone — e em seguida observe os valores cobrados em outros consultórios médicos — é importante que eles tenham um público semelhante ao seu. Com tais informações em mãos, você conseguirá definir um valor competitivo e capaz de manter seu negócio em funcionamento de maneira saudável.

Conforme demonstrado ao longo desse conteúdo, abrir um consultório médico é uma escolha desafiadora. Trabalhar para si mesmo é uma atitude empreendedora e que pode lhe trazer bons frutos, principalmente no que diz respeito à qualidade de vida e à realização profissional. Portanto, não desanime diante das dificuldades, adote uma postura otimista e estratégica na condução de seu negócio e lembre-se de aplicar todo o conhecimento aqui adquirido.

O que achou do post de hoje? Ele foi útil? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e divida esse conhecimento com seus amigos!

Sobre o autor

Leucotron

Deixar comentário.

Share This