Por que o treinamento de funcionários de uma empresa é indispensável?
Gestão de Empresas

Por que o treinamento de funcionários de uma empresa é indispensável?

Escrito por Leucotron

Pode parecer óbvio, mas, seja qual for a atividade que pretendemos desenvolver, se já estivermos aptos para fazê-la, nosso desempenho será bem melhor. Isso ocorre porque, em qualquer tipo de treinamento, a pessoa está sendo preparada para lidar com todas as condições envolvidas na consecução de um objetivo. E isso não é diferente com o treinamento de funcionários.

O treinamento aumenta a eficácia dos objetivos da empresa. Aliada, por exemplo, à incorporação de novas tecnologias, trazem inúmeros benefícios para o negócio. Nem sempre ele precisa custar os olhos da cara — muitas iniciativas podem ser feitas mesmo sem custo. O mais importante é ampliar o conhecimento e promover o aprofundamento sobre a formas que os treinamentos são feitos na empresa.

Se você é proprietário de uma empresa, certamente sua meta é vender um produto ou um serviço. Correto? Para que isso ocorra, é necessário que todos os processos e estágios envolvidos sejam percorridos com êxito. O alcance do sucesso se dá quando os funcionários estão preparados para fazerem o seu trabalho e contribuírem para o funcionamento e o crescimento da empresa. Confira, então, os benefícios do treinamento de funcionários!

A importância do treinamento de funcionários

O treinamento de funcionários tem como principal objetivo unir gestores e colaboradores no propósito único de possibilitar a operação eficiente e a expansão de uma empresa. As atividades desenvolvidas em treinamentos buscam, então, padronizar práticas com vistas a uma dinâmica empresarial mais apurada. São ações que beneficiam os funcionários e a empresa.

Assim, o treinamento de funcionários abrange o desenvolvimento de suas habilidades conforme as práticas da empresa e o exercício dos procedimentos estabelecidos pela corporação. São ações de grande importância, já que organizam e difundem as formas de atuação requeridas, ao mesmo tempo em que minimizam as dúvidas que os funcionários possam ter.

Além disso, dependendo dos objetivos e conteúdos tratados no treinamento, a realização de uma capacitação tem o potencial de levar o funcionário a compreender a filosofia, os valores, as políticas e a missão da empresa. Esse entendimento pode fazer com que o funcionário se envolva mais com a empresa e, consequentemente, com o seu trabalho.

Para a elaboração de um treinamento eficiente, é preciso ter conhecimento das possibilidades do que pode ser feito para preparar os seus funcionários. Confira algumas dicas!

Incentive a atuação estratégica

O ambiente de trabalho, geralmente, vem dotado, algumas vezes, de pressões, influências e outras contaminações externas. Por isso, focar em uma atuação cada vez mais densa e próxima da realidade da empresa significa ganhos.

A capacitação das habilidades específicas tem como trunfo a motivação pessoal, visto que o funcionário não precisa sair da empresa para crescer, se fortalecer e aprender novas funções.

Trazer o colaborador para perto significa mostrá-lo modos de aplicar seus conhecimentos de acordo com os objetivos dos quais está inserido, ou seja, com uma atuação focada e estratégica. O treinamento é o suporte que ele precisa para colocar essas ferramentas em prática, aumentando, assim, o seu grau de satisfação e desempenho no trabalho.

Implemente o uso das novas tecnologias aos poucos

Disponível de modo amplo e irrestrito, novas tecnologias auxiliam nos processos de comunicação interna, relativos a treinamento de funcionários. Os serviços de videoconferências, mensagens e textos promovem uma comunicação instantânea, trazendo maior agilidade na troca de dados e informações.

Nesse caso, as novas tecnologias devem estar ao serviço da lógica da colaboração, de modo a gerenciar equipes de maneira mais intensa e com maior diálogo. Acentuam-se, dessa forma, a tomada de decisões e resolução de problemas.

As novas tecnologias podem, inclusive, mudar o engajamento dos funcionários com a equipe, proporcionando, por exemplo, a prática de home office ou de trabalho remoto. Embora todos tenham acesso a smartphones e tablets, muitas vezes, é preciso educar as pessoas para uso de ferramentas personalizadas para o trabalho.

Há opções disponíveis de diversos tipos: desde plataformas online até aplicativos de empresas especializadas em comunicação corporativa. A melhor solução, no entanto, será aquela que melhor se encaixe no quadro de funcionário e na demanda da empresa.

Promova treinamentos práticos

O treinamento corporativo pode ser feito de muitas formas: por meio de dispositivos eletrônicos, video conferências, apostilas e muito mais. Porém, a maior eficiência, aquela que gera melhores resultados são os treinamentos práticos.

Nada é melhor do que o velho “colocar a mão na massa”. Por isso, estar com a equipe próxima, podendo resolver problemas presencialmente é muito importante. Mesmo com treinamentos de alto conteúdo elevado, deve se levar em conta os ganhos dos investimentos nos treinamentos práticos.

Esse tipo de treinamento também beneficia a identificação dos pontos frágeis de sua equipe assim como das formas de corrigi-los. Os feedbacks são elaborados em tempo real, no desempenho das atividades do treinamento.

Adote uma cultura de inovação

Esqueça os velhos métodos de treinamento, onerosos e de pesada carga horária. O imperativo hoje é a dinamização dos processos. Quanto mais ágil a troca se dá, melhor para todos os lados.

E por falar em troca, quando se quer inovação nada é melhor do que estar conectado com as tendências pioneiras do mercado. Seja em termos de estratégia de gestão ou de tecnologias implementadas em favor da produtividade, a empresa que possui investe na identificação das novas tendências sai na frente.

A transformação digital depende da capacitação dos profissionais envolvidos, que vão alimentar os sistemas administrativos e elaborar uma logística a partir das novidades incorporadas. Preparar bem os funcionários é essencial para poder se desfrutar do investimento feito em novas tecnologias.

Por isso, a cultura da inovação está muito além da compra ou utilização de programas e softwares no cotidiano do trabalho. Tem a ver com a consciência de estar aberto ao novo, se modernizando e trocando ideias todos os dias.

Utilize o treinamento adequado

Algumas experiências de treinamento se tornam mal-sucedidas, gerando preocupação e dúvidas com relação aos treinamentos por parte de gestores. Mas como saber que o treinamento vai promover o efeito desejado?

Em primeiro lugar, é preciso saber com clareza dos objetivos almejados para aquela equipe. O resultado para cada atuação dependerá do treinamento incorporado. O foco é que vai delimitar o tipo de ação e que tipo de profissional estará apto a participar do treinamento.

O bom uso do tempo e de dinheiro é uma estratégia de gestão, de modo a não desperdiçar recursos, almejando ao máximo o retorno desejado.

Transforme funcionários em mentores

Para além de trazer profissionais e experiências externas, pode se investir na valorização dos funcionários da empresa. Essa estratégia é usada para empresas que possuem funcionários em seu quadro há muito tempo, de modo a oferecer uma chance de aprofundamento assim como de torná-los mentores para os mais jovens.

Com uma orientação próxima e adequada, o funcionário que se torna mentor pode trazer uma abordagem completa, com conhecimento empírico da atividade orientada. A mentoria pode ser feita semanalmente, quinzenalmente, ou mesmo quando se dá a incorporação de um novo funcionário.

Esse processo estimula a comunicação interna, a responsabilidade dos funcionários mais experientes, sendo também uma ótima forma de reconhecimento dos membros antigos. O programa de mentoria pode funcionar como aconselhamento, alinhando as expectativas da empresa com a aplicação de objetivos imediatos.

Implemente a rotatividade de funções

Hoje em dia é cada vez mais comum contar com profissionais que tragam várias formações e habilidades, capacitados para responder por mais de uma disciplina. Essa integração se deve ao dinamismo das carreiras contemporâneas, que contam com novidades e inovações a todo momento.

A rotatividade de funções internas dentro de uma empresa é um treinamento que visa melhorar o entendimento global dos serviços e produtos oferecidos. O revezamento coloca profissionais especializados em contato, apresentando a eles novas ferramentas e possibilidades.

Além de ser uma estratégia que pode ajudar a identificar novos talentos, a empresa pode se beneficiar futuramente do desdobramento das funções — um funcionário saberá desempenhar outra atividade ou até mesmo responder por ela. Esta se torna uma medida positiva no caso de faltas e quedas no quadro de funcionários.

Então, veja agora o que o treinamento de funcionários contribui para o seu negócio:

Reduz custos

Uma empresa que não possui programas de treinamento para os seus funcionários pode gastar mais dinheiro do que o necessário. Isso porque o exercício das atribuições somente por meio das experiências cotidianas do funcionário na empresa leva à prática de tentativa e erro durante a busca pelo resultado almejado. Além disso, a otimização de procedimentos que visam à diminuição das perdas naturalmente reduz custos.

A depender do ramo de negócios, o treinamento de funcionários também contribui para a redução ou extinção de práticas que geram desperdício, ocasionado tanto por más práticas, quanto pelo desconhecimento do trabalhador. A capacitação pode ainda conscientizar os funcionários para a adoção de práticas funcionais que levam à economia e consequente redução de gastos.

Eleva a produtividade

A promoção de treinamentos destinados a funcionários também diminui o tempo gasto com as ações cotidianas feitas por eles na empresa. O tempo demandado para a realização das atividades funcionais e os ruídos de comunicação entre os funcionários e entre os setores podem ser diminuídos, o que aumenta consideravelmente a produtividade da companhia.

Ao tratar da filosofia, valores, políticas e missão da empresa, a realização de treinamentos faz com que a qualidade dos serviços prestados pelo funcionário seja melhorada, já que passam a ser feitos conforme as diretrizes da corporação. Um funcionário qualificado e treinado gera ganhos não apenas para o seu setor, mas para a empresa em sua totalidade.

Gera um ambiente de trabalho mais agradável

Toda empresa deve ter entre suas políticas a de qualidade de vida de seus trabalhadores. Desse modo, propiciar um ambiente de trabalho mais agradável é uma meta da companhia, podendo ser propiciada pelo estabelecimento de momentos de maior convivência profissional entre os funcionários. Capacitações podem ser vistas como momentos assim, em que funcionários interagem ao mesmo tempo em que aprendem.

Contribui para a socialização

A realização de treinamentos torna possível que os funcionários se conheçam e troquem informações profissionais em situações menos formais de trabalho. Esses momentos são propícios para que sejam formados vínculos profissionais entre os funcionários, além de possibilitarem que determinado colaborador conheça o funcionamento de setores diferentes daquele em que atua.

Assim, os treinamentos de funcionários, além de melhorarem o entrosamento entre os colaboradores da empresa, fortalecem o trabalho em equipe. Esse fortalecimento pode trazer melhorias de fluxos de produtividade durante os diferentes estágios e processos, além de otimizar a comunicação.

Diminui a rotatividade de pessoal

Um funcionário que domina as suas técnicas de trabalho cotidianas e conhece a empresa com a qual colabora pode não ter vontade de deixar a corporação, sentindo-se seguro em permanecer nela. Esse tipo de relação estabelecido entre funcionário e empresa tende a diminuir a rotatividade de pessoal, fortalecer as dinâmicas de trabalho e reduzir custos com contratações.

Torna a empresa mais competitiva

A manutenção e o crescimento de qualquer empresa dependem diretamente da qualidade e da disposição de seus funcionários. Para que uma companhia seja competitiva e tenha espaço no mercado em que atua deve investir em seus funcionários, capacitando-os para que sejam capazes de oferecer um atendimento de ponta e serem melhores do que a concorrência.

A superação de padrões e a elevação da qualidade dos produtos e serviços oferecidos só ocorrem quando são realizados treinamentos constantes. Nessas capacitações é que, além de se abordar as características, práticas e procedimentos da empresa, são compartilhadas novidades e metodologias de maior eficiência. Para que uma empresa cresça, é preciso que o funcionário cresça com ela, o que ocorre por meio da capacitação.

Como buscamos mostrar, o treinamento de funcionários de uma empresa é indispensável. Ele influencia em qualquer atividade relativa à companhia, sendo essencial tanto para a sobrevivência como para a expansão de uma empresa. Seja qual for o tamanho, ou o ramo em que se insere sua corporação, os programas de capacitação só trazem ganhos para os seus negócios.

Portanto, quando for planejar as próximas atividades de sua empresa não se esqueça de que capacitar é investir! Invista em capacitação, qualifique o seu quadro de colaboradores, cresça e lucre! Vantagens é o que não faltam para que você ofereça treinamento de funcionários para o seu pessoal. Todos sairão ganhando: o seu produto ou serviço, os seus funcionários, a sua empresa e você, empreendedor!

Gostou? Então, que tal nos seguir no Facebook e no Twitter?

Sobre o autor

Leucotron

Somos uma empresa de tecnologia em telecomunicações que atua no mercado brasileiro há mais de 30 anos, sendo reconhecida como uma das mais importantes na área de telefonia IP e convencional.

Atualmente, somos líder no segmento de hotelaria. São mais de 300 concessionárias parceiras, que oferecem centrais de PABX, softwares de telefonia e as mais inovadoras soluções em comunicação com foco no aumento da produtividade de pequenas, médias e grandes empresas de todas as regiões do Brasil.

Deixar comentário.

Share This