Entenda qual é o papel do CIO da empresa
Gestão de Empresas

Entenda qual é o papel do CIO da empresa

Escrito por Leucotron

Nas grandes empresas, cargos relacionados à alta gestão costumam ser nomeados com siglas. A mais conhecida é a de CEO, que se refere ao diretor-geral ou presidente da organização e está no topo da pirâmide. Mas você sabe, por exemplo, o que é CIO, essa sigla tão parecida, mas com significados e funções tão diferentes das do CEO?

Neste artigo, vamos ajudar você a entender e diferenciar essas siglas das tantas outras de que temos ouvido falar nas corporações. Depois, vamos focar no que significa e qual é o papel do CIO nos negócios, além de determinar a diferença entre ele e o CTO?

Isso tudo se parece com uma sopa de letrinhas? Então, continue com a leitura e entenda melhor sobre o assunto para poder tomar as decisões mais estratégicas na sua empresa na área da tecnologia!

Afinal, o que significam todas essas siglas?

Antes de tudo e para que não haja mais confusões, que tal começarmos este artigo com um glossário das siglas mais usadas no ambiente empresarial na atualidade?

Afinal, há inúmeros cargos importantes e normalmente estratégicos para as companhias que, na maior parte das vezes, têm recebido suas denominações a partir das suas siglas em inglês. Você vai ver que todas estão relacionadas a cargos de direção, mas com funções bem distintas.

Preparado para entender melhor as mais importantes? Acompanhe!

CEO

A primeira entre as siglas que compões este pequeno dicionário é também uma das mais conhecidas e utilizadas em todos os segmentos. CEO vem do inglês chief executive officer. Trata-se do presidente executivo ou do diretor-geral de uma organização. Apesar de ser considerado o líder maior da empresa, o profissional que ocupa esse cargo deve responder aos demais diretores.

CFO

Essa sigla corresponde ao diretor financeiro da empresa, ou chief financial officer, do original em inglês. É ele o comandante do orçamento, assim como as metas e cumprimento de objetivos financeiros do negócio. Todo o capital e os investimentos da organização estão sob sua supervisão.

COO

Esse profissional pode ser considerado o braço direito do CEO de uma empresa. Estamos falando do diretor de operações (chief operation officer), ou seja, aquele que é responsável por fazer com que as ações e estratégias planejadas sejam executadas, efetivamente, pela equipe, coordenando as rotinas da companhia.

CMO

O comandante do departamento de marketing é quem leva essa sigla (chief marketing officer), ou diretor de marketing, como pode ser mais conhecido. É ele o responsável pela elaboração das estratégias do negócio nesse segmento.

CPO

Toda a produção, desde a sua concepção até o projeto relativo aos produtos de uma empresa está a cargo do chief product officer, ou diretor de produtos, na tradução mais comum.

CTO

O diretor de tecnologia (chief technology officer) lidera as áreas de pesquisa, desenvolvimento e tecnologia da organização.

CIO

Nesse caso, estamos falando do diretor de Tecnologia da Informação (TI), responsável, portanto, pelos assuntos relacionados à informática nas empresas.

Há outras siglas menos comuns, mas tão importantes quanto as anteriores, dependendo do porte do negócio. Veja quais são!

CAO

Essa sigla corresponde a dois cargos diferentes. Pode ser usada tanto para o diretor de contabilidade (chief accounting officer) quanto para o diretor acadêmico (chief academic officer), no caso de instituições de ensino.

CBO

Vale, também, para diretor de marca (chief brand officer) ou para diretor de negócios (chief business officer).

CCO

Não se confunda, essa sigla abrange três cargos distintos: diretor de comunicações (chief communications officer), diretor criativo (chief creative officer) ou diretor de conteúdo (chief content officer).

CDO

Vale tanto para diretor de diversidade (chief diversity officer, responsável por ações de inclusão social) quanto para diretor de design (chief design officer).

CHRO

Diretor de Recursos Humanos ou, em inglês, chief Human Resources officer.

CLO

Diretor jurídico (chief legal officer).

CSO

Diretor científico (chief Science officer).

Deu para reparar que as siglas estão dominando o mundo dos negócios, ajudando a melhor definir os cargos de diretoria dentro das empresas. Usá-las é importante para que o conhecimento dessas funções seja universalizado.

Qual a diferença entre CIO e CTO?

Apesar de CIO e CEO serem foneticamente parecidas, o que mais pode confundir as pessoas, na verdade, são as diferenças entre CTO e CIO. Por isso, vamos explicar com mais detalhes o que cada um desses profissionais devem fazer e quais as responsabilidades deles sobre os objetivos estratégicos de um negócio.

O papel do CIO

O diretor de informação, sobre o qual abordaremos com mais detalhes neste artigo, é responsável pela área de TI, devendo cuidar de todas as informações e dados essenciais para as operações do seu negócio. Ele faz uma ponte entre as estratégias estabelecidas e a sua execução.

Assim, para atuar nessa função, o profissional precisa ter alguma experiência de atuação nas duas frentes. É ele quem deve conseguir promover o alinhamento entre os objetivos dos demais membros da diretoria e a aplicação deles, a partir da análise de dados, para resolver os gargalos da empresa.

Sua função é alinhar objetivos da diretoria com a sua capacidade de consumir e aplicar tecnologia no crescimento e na resolução de problemas de negócio.

Também é o CIO que deve criar métricas e apurar os resultados da performance da companhia, além de desenvolver as políticas de uso dos dados da empresa, identificando oportunidades e possíveis problemas.

As atribuições do CTO

Já o diretor de tecnologia tem mais a ver com a aplicação técnica e de manutenção da Tecnologia da Informação, de uma forma mais executiva. Os dois cargos podem, até mesmo, ser ocupados pelo mesmo profissional. Mas, dependendo do porte da empresa e da quantidade de informações com que deve lidar, o ideal é que sejam distintos.

Contratar ou desenvolver tecnologia é uma das atribuições do CTO, além de criar ou utilizar ferramentas e sistemas que visem a redução de custos e a otimização de processos na companhia.

Guia completo para otimizar a comunicação em escritório de advocaciaPowered by Rock Convert

Problemas de segurança da informação, falhas técnicas e outros tipos de crise no setor estão, também, no seu escopo de atuação, analisando soluções técnicas para a empresa a partir da avaliação, junto ao CIO, do melhor jeito e momento de introduzir novas tecnologias.

Para resumir, enquanto o CIO cria políticas, processos, fluxos e operações para otimizar a gestão do negócio, o CTO tem mais foco na segurança dos dados e na execução das estratégias de implementação de novas tecnologias.

Quais funções são executadas pelo CIO da empresa?

Como explicamos em nosso glossário, CIO — sigla para Chief Information Officer, ou Chefe da Tecnologia da Informação, em português — é a pessoa responsável por toda a área de TI de uma empresa.

Ele se reporta diretamente ao CEO (diretor-executivo) ou ao COO (diretor de operações) e tem uma função mais voltada para os sistemas de informação, diferente do diretor de tecnologia, que tem o foco no cliente externo.

Quais são as características esperadas em um CIO?

Além da formação na área de tecnologia, espera-se que o chefe de TI também possua outras qualificações. Veja quais são as principais, exigidas atualmente pelo mercado!

Facilidade para comunicação

Uma boa comunicação se faz necessária para que o diretor de TI saiba informar, de forma clara e precisa, qual é a estratégia empresarial, quais processos estão sendo desenvolvidos, qual o resultado que se espera da equipe, entre outros pontos essenciais.

Tudo isso é exigido para que ele se faça entender e para que consiga alcançar os resultados satisfatórios esperados pela diretoria. Isso vale, também, para a comunicação com outras áreas.

Ser um bom líder

Outra habilidade essencial para o diretor de TI é saber gerir as pessoas que estão nas equipes subordinadas a essa gestão. Essa característica é crucial para que o profissional desenvolva um bom relacionamento.

Também é papel dele manter os colaboradores motivados e, principalmente, engajados para o alcance das metas propostas pela diretoria, aumentando a eficiência da área e da empresa como um todo.

Conhecimento sobre o negócio

Um bom CIO também precisa conhecer a empresa em que trabalha e como os processos funcionam, principalmente os que estão diretamente ligados ao seu setor. Dessa forma, ele pode atuar como um consultor, além de compreender melhor as necessidades de cada área e qual é a melhor solução para as situações levantadas — ou mesmo a identificação de oportunidades de melhorias.

Manter-se atualizado

Outra característica que se espera do CIO da empresa é a constante atualização sobre o que há de novo no mercado e quais são as principais tendências para os próximos períodos.

Ter esse conhecimento pode fazer com que a empresa invista no que há de mais moderno e busque otimizar ainda mais as operações. Isso reflete diretamente nos resultados do negócio, podendo gerar ganhos em eficiência, aumento de produtividade, inovação e excelência no atendimento ao cliente, por exemplo.

Assumir um papel inovador

Por falar em inovação, esse é um grande diferencial que os diretores de TI podem oferecer para um negócio. Até um passado não muito distante, a tecnologia era vista apenas como um suporte para as empresas.

Hoje, entretanto, a visão tem se transformado e os gestores a têm visto com um grande potencial de trazer grandes mudanças e excelentes resultados.

Sendo assim, espera-se que o CIO assuma a posição de um agente da mudança, que traz inovação e procura constantemente por soluções e ferramentas que podem ser desenvolvidas para otimizar os processos, ou mesmo aprimorar os produtos e serviços.

Saber delegar

Enquanto diretor, espera-se que esse profissional exerça atividades mais estratégicas (de planejamento, acompanhamento e liderança) e saiba delegar as tarefas mais operacionais. Sendo assim, é preciso saber delegar algumas rotinas e, sobretudo, para quem elas serão repassadas — escolhendo o melhor profissional de acordo com as características de cada colaborador, papel que um bom líder exerce com facilidade.

Vale lembrar que mesmo os processos mais complexos podem ser repassados, desde que haja um subordinado de confiança, que realize um bom trabalho.

Afinal, qual é o papel desse profissional dentro da organização?

Como já é de se esperar, o diretor de TI exerce um papel mais estratégico dentro da organização, possuindo uma visão mais ampla e controlando processos-chave. Confira, abaixo, o papel de um CIO.

Fazer a ligação entre a alta gestão e as equipes de TI

O CIO da empresa é o profissional que faz a ligação entre a alta gestão e as equipes que trabalham na área da TI. Nesse sentido, é papel dele compreender o que o CEO espera, quais são os objetivos e resultados esperados para determinado período e transmitir a ideia para as equipes de forma clara, estabelecendo metas bem definidas.

Administrar os recursos

Também é de responsabilidade desse profissional administrar os recursos da área de TI, o que envolve ferramentas, pessoas e infraestrutura, por exemplo. A ideia é garantir que todas as atividades e projetos sejam realizados dentro do prazo e com o máximo de eficiência, respeitando o orçamento disponível.

Elevar o potencial da TI

Também é de responsabilidade do CIO da empresa fazer com que a organização aproveite ao máximo a disponibilidade da TI para o alcance dos objetivos. Nesse sentido, vale relembrar, a tecnologia assume um papel mais estratégico e direciona o foco para como as soluções disponíveis — ou quais investimentos precisam ser feitos — podem ser utilizadas para aprimorar os resultados.

Supervisionar os processos e produtos de TI

Por fim, o diretor também é responsável por supervisionar a aquisição e a implementação de novas ferramentas e serviços, como:

·        hardwares e softwares;

·        manutenções;

·        desenvolvimento de novos sistemas;

·        redes de comunicação;

·        processamento e armazenamento de dados e informações.

O objetivo é adotar rotinas padronizadas, incentivar a integração entre as áreas, aumentar a eficiência e elaborar modelos uniformes para o acompanhamento de indicadores de desempenho e análises dos resultados.

Como se vê, o CIO da empresa tem um papel fundamental e estratégico dentro das organizações, sendo o principal responsável por tornar as equipes de TI mais eficazes e garantir que os resultados esperados sejam alcançados, gastando a menor quantidade de recursos e otimizando o potencial das tecnologias disponíveis — ou mesmo sugerindo o investimento em novas soluções, apresentando os possíveis benefícios das aquisições.

O que achou do nosso artigo? Entendeu bem o que é CIO? As suas dúvidas sobre o assunto foram esclarecidas? Então, aproveite para nos seguir nas suas redes sociais para ficar por dentro de conteúdos tão interessantes quanto este! Estamos no Facebook, no Twitter, no LinkedIn e no YouTube!

Powered by Rock Convert

Deixar comentário.

Share This