segurança na computação em nuvem

7 fatos que comprovam a eficiência da segurança na nuvem

A computação em nuvem — ou Cloud Computing em inglês — é uma tecnologia que vem sendo adotada massivamente pelas empresas. Diversos motivos justificam essa opção, especialmente a eficiência da segurança na nuvem. Ainda em 2015, um estudo da consultoria Frost & Sullivan, divulgada pelo jornal Estadão, indicava que a computação em nuvem cresceu 30% no Brasil, movimentando 1,1 bilhão de dólares americanos.

No mundo, esse mercado deve movimentar aproximadamente 160 bilhões de dólares americanos por ano, segundo o estudo apresentado no Correio Braziliense. O crescimento se deve à adoção do Cloud Computing pelas pequenas e médias empresas. O problema é que, de forma geral, os empresários e gestores ainda têm receios com relação à tecnologia em nuvem, especialmente nos pontos que se referem à segurança. É aí que entra este post!

Aqui, vamos apresentar 7 fatos que comprovam a eficiência de segurança na computação em nuvem, além de abordarmos outros assuntos relevantes sobre o tema. O objetivo é mostrar que o armazenamento de informações e o uso de softwares com essa tecnologia são bastante seguros e afetam a rotina da sua empresa positivamente. Quer saber mais? Acompanhe!

A importância de manter os dados em nuvem seguros

O armazenamento de dados em nuvem tem se tornado uma estratégia bastante utilizada em diferentes meios digitais, principalmente no universo empresarial. O desenvolvimento dessa ferramenta se deu por meio da expansão da tecnologia. Juntamente a isso, houve o investimento de muitas empresas do segmento por conta da alta demanda de armazenamento de conteúdos.

Nesse sentido, devido à sua funcionalidade, atualmente o armazenamento em nuvem tem sido de grande importância no mercado. Além disso, há várias opções de plataformas gratuitas que disponibilizam um serviço eficiente, seguro e econômico. Há também as plataformas pagas que contam com algumas funções a mais e são criadas para atender às necessidades específicas das empresas.

Com as múltiplas vantagens alcançadas com essa tecnologia, os negócios perceberam a importância de manter os seus dados em nuvem seguros, além de armazenar e compartilhar seus arquivos. Nesse meio, os dados são processados com protocolos de segurança rigorosos, o que diminui consideravelmente os riscos de perda, roubo e dano por fatores externos ou vírus. Esse fato possibilita manter uma organização e controle das informações com muito mais qualidade, o que é essencial para os processos referentes à gestão de uma empresa e de seus arquivos.

A eficiência da segurança na nuvem

O mundo corporativo lida com diversos dados e informações de caráter confidencial. É por esse motivo que a segurança se tornou um item de extrema relevância. Com a computação em nuvem, muitas dúvidas vieram à tona. Poder acessar os dados de qualquer dispositivo com acesso à internet e a qualquer hora constitui hoje uma grande vantagem competitiva.

Quer saber o porquê? Confira a seguir 7 fatos que comprovam a eficiência da computação em nuvem!

1. Maior disponibilidade

O armazenamento em nuvem é bastante seguro e possibilita que os dados sejam acessados por um período de tempo mais longo — na realidade, indeterminado. Você armazena os arquivos que precisa e pode apagá-los, editá-los ou mantê-los salvos pelo prazo que quiser, de acordo com a sua necessidade.

Isso garante maior disponibilidade e total liberdade para fazer o que desejar com os seus documentos. É possível, inclusive, migrar para outro fornecedor sem precisar fazer operações manuais. Basta transferir os arquivos por meio da portabilidade.

2. Controle ao acesso de informações

Uma das principais dúvidas relacionadas à segurança da computação em nuvem é o controle ao acesso de informações. É assegurado por meio de senhas e níveis de importância.

Isso significa que, para acessar a conta da sua empresa, é preciso digitar login e senha. Os documentos armazenados podem ter níveis de importância definidos por você ou pelos gestores da sua empresa, o que evita que um colaborador não autorizado possa visualizar os arquivos.

Ainda é possível personalizar as permissões conforme o perfil do usuário e fazer um controle das revisões aplicadas nos arquivos. Ou seja, se alguém modificar algum item, você terá a possibilidade de verificá-lo.

O resultado desse controle é uma experiência mais segura, com aumento da produtividade das atividades do negócio. Outros benefícios são agilidade e autonomia.

3. Uso de criptografia para acessar os sistemas

As informações armazenadas em um sistema de Cloud Computing são criptografadas. Esse é outro ponto vantajoso, já que aumenta a segurança dos dados.

A criptografia é um método que, por meio de algoritmos complexos, impede a visualização das informações para um invasor. Ele só conseguirá acessar os dados se tiver uma chave de acesso.

Além disso, os sistemas usam métodos de proteção avançados e que são atualizados automaticamente. Essa característica evita possíveis ameaças e impede a perda dos arquivos.

4. Compliance com a regulamentação

O compliance é o método que prevê agir de acordo com uma instrução interna ou com uma regra. Em outras palavras, é agir de acordo com as melhores práticas ou conforme a legislação.

Ao adotar a computação em nuvem, você garante que terá total autonomia para administrar a sua conta. As empresas fornecedoras do serviço cumprem sua parte e asseguram a segurança dos dados.

Cabe a você cuidar da integridade e confidencialidade dos arquivos ao definir login, senha, níveis de importância etc.

5. Otimização de equipamentos

Algumas empresas sofrem grande variação de demanda com o passar do tempo. Há épocas em que é preciso ter um equipamento mais potente, que produza mais em menos tempo. Mas nem sempre esse investimento é justificável. Em períodos de menor demanda as máquinas com capacidade inferior são suficientes.

Ao optar por sistemas de Cloud Computing, você terá a solução ideal para o seu negócio, porque poderá fazer os processos de downgrade e upgrade automaticamente e com segurança. Em resumo, você conseguirá adaptar a capacidade de acordo com suas necessidades, sem deixar de lado a segurança.

Guia completo para otimizar a comunicação em escritório de advocacia

6. Especificação da segurança em contrato

A monitoração de qualidade do serviço (QoS) é um Service Level Agreement (SLA) estabelecido entre fornecedores e clientes. Ele especifica as regras de privacidade e segurança exigidas, inclusive as jurídicas, dos contratos a respeito dos serviços.

Também há orientações de segurança, que especificam as restrições legais e políticas a respeito da privacidade que podem ser aplicadas ao ambiente do Cloud Computing.

7. Armazenamento do arquivo em diferentes servidores

Os documentos armazenados na nuvem são gravados em um data center. Esse espaço é composto por diferentes servidores. Os arquivos são separados por partes, e cada uma delas fica salva em um diretório e/ou servidor diferente.

Isso significa que, em caso de invasão ou qualquer outro imprevisto, apenas uma parte do documento será afetada. Mesmo assim, será impossível lê-la devido à criptografia.

Por sua vez, é possível recuperar o documento por inteiro, já que cada uma das partes é guardada em mais de um diretório. Se um sofrer dano, o outro está inteiro e pode disponibilizar o que for necessário.

Esse é um dos pontos que mais comprova a segurança da computação em nuvem, já que o usuário não sofre perdas nem acessa o documento por partes. Porém, ele tem a certeza de que seu documento não será acessado por nenhum estranho.

Investir na segurança em nuvem

Para aumentar a segurança na nuvem, é preciso levar em conta alguns pontos principais da utilização desse sistema de armazenamento. O primeiro está relacionado ao uso rigoroso de controles de acesso, pois permite estipular como os usuários e clientes se conectam ao ambiente. Com isso, evita-se problemas como roubo e perda de informações.

Outro ponto diz respeito a ter um bom provedor de nuvem. Ele será um grande aliado para aumentar a segurança dos dados da sua empresa por meio do uso da tecnologia e de profissionais especializados. Assim, ficará mais fácil lidar com a grande demanda de informações e gerenciá-la da forma mais eficiente.

Vale ressaltar também a importância do investimento em dados criptografados. Essa estratégia garante a segurança do fluxo de informações, pois a criptografia reforça a proteção de arquivos e projetos de grande valor para a empresa, de modo que só o emissor e o receptor da mensagem codificada possam interpretar o conteúdo. Assim, é possível contar com um mecanismo mais eficiente para gerenciar todos os dados da corporação de maneira efetiva e segura.

Contribuição dos dados em nuvem para a empresa

A utilização do armazenamento em nuvem pode gerar resultados significativos para a gestão de dados de uma empresa. Os benefícios vão desde a elevação da capacidade analítica até a ampliação de aspectos competitivos da instituição. Dessa forma, confira a seguir algumas das principais vantagens alcançadas com o emprego dessa ferramenta para a empresa!

Otimiza a análise das informações vitais

Os dados produzidos e gerenciados por uma empresa representam grande importância para o andamento de todos os processos da instituição. Seguindo essa ideia, em um mercado cada vez mais competitivo como o atual, o gerenciamento eficiente dos arquivos internos da corporação é uma das melhores formas de garantir produtividade e organização.

As companhias que conseguem administrar os seus conteúdos e as informações externas têm uma maior chance de crescimento, pois todos os aspectos que envolvem a inteligência do negócio tornam-se mais simples. Além do mais, com a implantação de um bom software de armazenamento, além poder manter os arquivos salvos, a conexão entre as informações facilita o gerenciamento de tendências, padrões, possíveis ameaças e oportunidades.

Reduz os custos e otimiza a qualidade dos investimentos

Para que os administradores de uma empresa possam entender melhor sobre a projeção de suas vendas, precisarão avaliar os dados consolidados. Caso não seja possível acessar essas informações, será necessário realizar um levantamento estatístico bastante complexo. Em contraste com essa situação, ao dispor de um armazenamento de dados bem estruturado, será preciso apenas efetuar uma análise seletiva dos conteúdos desejados.

A redução de custos pode também ser relacionada ao fato de que operações erradas são fatores potenciais para gerar prejuízos ou até mesmo perdas de oportunidades. Assim, processos otimizados tornam-se mais assertivos e eficientes, o que contribui para a economia.

Em médio e longo prazo, consegue-se poupar custos consideráveis e que influenciam bastante nos processos financeiros da empresa. Dessa forma, com o controle efetivo das informações, a corporação consegue investir com mais conhecimento e qualidade em pontos de melhorias e em novas conquistas.

Facilita a comunicação

Ao se falar em gerenciamento de dados, a estratégia comercial é um dos aspectos mais beneficiados da temática. Isso porque, ao se analisar essas informações, consegue-se construir uma característica específica de consumo do público-alvo, elaborar projetos de comunicação e marketing, descobrir as necessidades do consumidor e outras informações relacionadas.

Um exemplo disso é quando uma pequena empresa tem registrados todos os dados de um determinado consumidor. Desse modo, o histórico gerado pelo armazenamento das informações, como fechamento de contratos e dados pessoais, pode ser uma grande ferramenta para criar o perfil desse cliente, determinando suas principais necessidades, quem ele é e como ele consome.

Essa estratégia é fundamental para a equipe de vendas da empresa, pois diminui os esforços de conversão. Isso porque, ao disponibilizar o produto ou serviço que o cliente busca, ou até mesmo ao criar ações de marketing baseadas em noções reais do público-alvo, haverá uma maior facilidade em convencer os consumidores a comprar.

Favorece a segurança de informação

Por fim, há de se destacar um fator importante do armazenamento de dados em nuvem: a segurança dos conteúdos. A esse respeito, ao se fazer um arquivamento estruturado, os gestores conseguem construir mais facilmente os níveis de proteção desejados.

Isso é possível graças ao controle de conexão à rede e às camadas de criptografia. Com essa tecnologia, tanto problemas internos — como erros de funcionários—, quanto externos — como espionagem industrial e hackers —, são reduzidos.

Agora você já conhece os 7 fatos que comprovam a eficiência da segurança na computação em nuvem e como essa ferramenta influencia positivamente os processos empresariais. Aproveite para implantar essa tecnologia no seu negócio e, então, obter todos os benefícios que ela proporciona, como economia, segurança e confiabilidade.

Gostou de entender sobre a segurança na nuvem, mas ficou com alguma dúvida relacionada ao tema ou deseja acrescentar alguma informação? Então deixe o seu comentário no post!

Quer saber mais sobre o mundo da telefonia?

Receba os melhores conteúdos produzidos para você gratuitamente.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.