7 práticas essenciais na gestão de escritório de arquitetura

O mercado imobiliário, como o comércio de modo geral, atravessa uma transição frente a modernidade proporcionada pela tecnologia e pelas novas tendências administrativas. De olho na otimização de processos e a fim de melhorar o desempenho dos funcionários, a gestão de escritório de arquitetura volta suas funções para o modo dinâmico, criativo, autônomo.

Geralmente, os processos administrativos de uma empresa de arquitetura podem ficar negligenciados, julgado com menor importância, interferindo assim no desenvolvimento econômico e produtivo do escritório. Para não deixar que isso aconteça, é necessário estar conectado com as principais demandas do mercado de modo efetivo, começando por elaborar uma gestão inteligente.

Veja, neste texto, 7 dicas práticas para melhorar a gestão de escritório de arquitetura, compreendendo quais os melhores benefícios que elas podem fazer pela sua empresa! Além de gerar bons frutos para o seu negócio, melhoram a qualidade da comunicação e o bem-estar de funcionários e clientes. Confira!

1. Automatização de tarefas como investimento

Presente em todas as áreas institucionais, a tecnologia revoluciona não somente as atividades diárias, mas os planos de gestão como um todo. A automação das tarefas na rotina da empresa proporciona uma melhor orientação de todos os processos desenvolvidos pela empresa, melhorando a qualidade de envolvimento dos funcionários.

O investimento em tecnologia nem sempre significa aumento de recursos ou a obsolescência de equipamentos e pessoas. Feitas em concordância com o perfil da empresa, a tecnologia se adequa às demandas de projeto e mercado, proporcionando um crescimento a nível organizacional.

2. Softwares especializados para melhoria de desempenho

Com a tecnologia, é possível trabalhar com muita coisa em previsão, fazendo cálculos de realização ainda nas primeiras etapas do projeto. Por muito tempo uma obra não comportava a proporção real de sua produção, atrapalhando e tumultuando o andamento das obras. No entanto, o desenvolvimento de programas adequados ao desenvolvimento de projetos arquitetônicos estão revolucionando a prática.

Com a utilização do software adequado, é possível determinar a quantidade de horas dedicadas ao projeto, o seu valor total com mão de obra e material inclusos, os períodos adequados para cada etapa e de que maneira o orçamento pode ser melhor distribuído. Para isso, no entanto, os programas escolhidos devem proporcionar tais ferramentas, exclusivas para arquitetos e designers de interiores.

3. Adequação de processos de armazenagem

Todo escritório de arquitetura, independentemente de seu tamanho, gera um volume considerável de documentos e projetos. Para tornar os processos mais dinâmicos, é fundamental que esses documentos sejam armazenados em nuvem, seja em uma plataforma interna ou por serviços gratuitos disponíveis na internet.

A criação de um arquivo virtual permite que os projetos sejam acessados com maior facilidade, trazendo clareza na elaboração e na execução de uma obra. Esse tipo de ação permite, por exemplo, que o cliente consiga verificar uma planta com facilidade, tendo mais precisão para fazer uma reforma.

4. Padronização das ferramentas de comunicação

O fluxo de comunicação hoje em dia gira muito em torno de processos virtuais e eletrônicos, como mensagens via rede social ou ligações feitas por programas de telefonia. Ainda que os processos eletrônicos facilitem a comunicação de uma forma geral, é essencial que a equipe esteja ligada, com a comunicação eficiente.

Guia completo para otimizar a comunicação em escritório de advocacia

Para contornar problemas de conectividade e disponibilidade de rede, a empresa pode investir em programas de comunicação interna que vão trazer uma padronização para a troca de mensagens e ligações. Além de cuidar melhor da privacidade dos dados trocados por fins estritamente profissionais, também garante a qualidade e a segurança da comunicação.

5. Associação de mecanismos de telefonia moderna

Ainda na linha das soluções em comunicação, as ferramentas associadas à telefonia inclui melhoras entre os colaboradores e clientes, atingindo a empresa de modo ampliado. Diminuindo o gasto com ligações individuais, as centrais telefônicas otimizam a comunicação de ramais e melhoram a qualidade dos call centers.

O PABX, solução mais procurada pelas empresas, pode ser associado à telefonia analógica ou ser implantada de modo totalmente digital ou IP. Com ele você ainda tem a possibilidade de utilizar os smartphones dos funcionários como ramais móveis, por meio de um aplicativo, dando mobilidade e garantindo um desempenho maior da sua equipe.

6. Planejamento estratégico para investimento inteligente

Para impulsionar as ações de seu negócio, é necessário analisar amplamente a empresa, verificando os problemas e pontos fortes de todos os setores envolvidos nas atividades. A visão administrativa deve contemplar tanto a visão interna, com foco na qualidade do pessoal contratado, fluxos de comunicação e picos de produtividade, quanto visão externa, como demandas do mercado e processos de inovação.

A elaboração de um planejamento estratégico proporciona uma forma mais controlada para desenhar metas e, assim, envolver equipe e ferramentas com mais acuidade. O trabalho de organização de objetivos ocasiona maior envolvimento com as tarefas, comprometimento com o cliente e elevação do conteúdo gerenciado por seus funcionários.

7. Administração financeira na gestão de escritório de arquitetura

Em conjunto com o planejamento estratégico, a gestão financeira permite entender como a circulação de recursos interfere no desenvolvimento dos projetos, além de esclarecer os melhores momentos para investir em melhorias para a empresa. Se não há esse controle, os gastos saem do previsto e tornam a execução dos projetos nebulosa e difícil.

A transparência deve estar presente desde o planejamento, sendo essencial também na hora de levantar o orçamento designado para cada ação e, depois, para verificar seu desempenho junto ao cronograma descrito. Com a gestão financeira torna-se mais fácil visualizar quais são todos os custos da empresa e de cada projeto, deixando a administração de cortes, investimentos e contratações mais simples.

Melhorar a gestão de escritório de arquitetura significa um maior aproveitamento da sua equipe e a utilização adequada de ferramentas para impulsionar a produtividade da empresa. Comunicação, armazenamento e administração financeira devem ser pontos fortemente analisados pelos gestores.

Contribuindo para a criação de projetos de maior relevância e qualidade dentro do mercado imobiliário, pode faltar pouco para a sua empresa acessar as diretrizes de maior importância, trazendo mais impacto para sua carreira.

Faltou algum ponto que gostaria de saber mais profundamente? Deixe sua sugestão neste post!

Quer saber mais sobre o mundo da telefonia?

Receba os melhores conteúdos produzidos para você gratuitamente.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.