7 características de um atendimento ao paciente de alta qualidade
Gestão de Empresas Saúde

7 características de um atendimento ao paciente de alta qualidade

Escrito por Leucotron

Uma das atividades que merece maior atenção dentro da área de saúde é o atendimento ao paciente. Afinal, lidar com pessoas em momentos de vulnerabilidade e fragilidade é uma tarefa que exige tato, preparo, sensibilidade e empatia por parte de todos os profissionais envolvidos.

Seja em uma clínica médica, hospitalar ou consultório, é necessário entender que os principais pontos que um paciente observa para considerar o serviço como de alta qualidade não se baseiam apenas em diagnósticos e tratamentos corretos. Sua satisfação vai desde a triagem na recepção, o acolhimento por parte dos funcionários até a sua saída.

Na prática, não existe uma mágica para fazer o processo em hospitais e clínicas ser excelente. Deve-se levar em conta diversos parâmetros.

Para ajudar nessa tarefa, separamos 7 estratégias que devem fazer parte da rotina dos profissionais da área médica para atingir melhores resultados. Confira!

1. Humanização do atendimento

Reconhecer e compreender as necessidades das pessoas que buscam auxílio é essencial para criar e manter um relacionamento de confiança entre médicos e pacientes.

Afinal, cada pessoa é única e merece ser bem tratada e atendida com prioridade e exclusividade. Independentemente do porte do seu negócio, não enxergue seus usuários como meros números, por mais que a sua rotina seja corrida e cheia de responsabilidades.

2. Possibilidade de lidar com as burocracias por conta própria

Um dos grandes problemas das empresas, principalmente na área da saúde é a burocracia, que resulta em maior papelada e lentidão nos processos internos.

Nesse tipo de situação, a tecnologia pode se mostrar como uma excelente aliada, oferecendo maior velocidade e agilidade no atendimento ao paciente.

Por isso, invista em softwares para otimizar as rotinas internas, eliminando os prontuários de papel, agilizando as consultas e facilitando a vida dos profissionais na hora de resgatar informações sobre uma determinada pessoa.

O agendamento automatizado também é uma ferramenta bastante útil, pois melhora a comunicação entre o consultório e seus clientes, por meio do envio de lembretes automáticos antes do dia da consulta ou procedimento marcado, com atualização online visível no celular e também no computador do profissional.

3. Didática dos funcionários ao explicar procedimentos, exames e tratamentos

Investir em cursos de aperfeiçoamento e em treinamentos para atendimento ao paciente da área de saúde é fundamental para os colaboradores que trabalham no dia a dia, seja pelo telefone ou pessoalmente no consultório médico.

Além de garantir maior qualidade na interação com os usuários, a capacitação também contribui para reter talentos, imprescindíveis para o sucesso do empreendimento.

Por isso, pessoas que trabalham na recepção, no telefone e até mesmo aqueles que realizam pequenos procedimentos devem ser bem treinados para saber como abordar e se comunicar de maneira satisfatória com os clientes.

Afinal, na perspectiva deles, é a conjunção entre o cuidado que recebem e a forma que são tratados no ambiente de saúde que vão contribuir para sua satisfação e fidelização.

Guia completo para otimizar a comunicação em escritório de advocaciaPowered by Rock Convert

4. Auxílio de um sistema de gestão

Atualmente, a adoção de softwares de gestão é fundamental para garantir um atendimento que una qualidade e eficiência para a sua clínica, hospital ou consultório médico.

Além de proporcionarem maior segurança às informações de cada paciente, eles otimizam dados, reduzindo a ocorrência de erro humano, melhorando a comunicação entre diversos setores do negócio, além de aumentarem a produtividade dos colaboradores.

Utilizando todos os recursos disponíveis pela ferramenta, a rotina da clínica pode ser definida com maior clareza e, problemas comuns como atrasos, cancelamentos sem aviso prévio e superlotação podem ser evitados, melhorando o desempenho do ambiente de trabalho.

5. Conforto e entretenimento no atendimento ao paciente

Montar um espaço agradável, com corredores amplos, móveis bem alocados, sem degraus nem desníveis é absolutamente importante para que todos se sintam à vontade no estabelecimento. Outro ponto relevante é a quantidade de assentos disponíveis, evitando que as pessoas tenham de ficar de pé, aguardando a sua vez.

Vale ressaltar que muitos vão às consultas com o auxílio de um acompanhante. Portanto, é necessário investir no seu conforto, oferecendo entretenimento com revistas atualizadas, encartes informativos sobre bem-estar e saúde, com TV na sala de espera. Se tiver Wi-fi liberado, melhor ainda!

6. Habilidade de ouvir e se comunicar com clareza

Ouvir com atenção o que o paciente tem a dizer é imprescindível para proporcionar um atendimento completo.

Muitos deles gostam de participar na tomada de decisões enquanto outros deixam tudo a cargo do médico. Justamente por isso, entender a necessidade de cada cliente é essencial.

Uma comunicação clara e objetiva cria maior confiança na relação médico-paciente, o que ajuda bastante o cliente a seguir corretamente o tratamento proposto. Por isso, transforme termos médicos complexos em exemplos fáceis de serem assimilados por pessoas leigas.

Ao final da consulta, verifique se a pessoa compreendeu todas as orientações e a forma com que a medicação que deve ser tomada. A falha na comunicação pode gerar frustração em relação ao atendimento recebido após a consulta com o especialista.

7. Não se esquecer das pesquisas de satisfação

Para melhorar continuamente o funcionamento de sua clínica, aposte em ferramentas que meçam a impressão dos clientes em relação à recepção, referente ao atendimento telefônico, presencial, sobre as instalações do consultório e qualquer outro tema que seja relevante e se reflita na qualidade dos serviços.

Além de simples e intuitivas, as pesquisas de satisfação ajudam as pessoas a se sentirem parte importante do processo, contribuindo para estreitar o relacionamento entre pacientes e profissionais de saúde.

Essas informações devem ser coletadas e estudadas, com o objetivo de identificar quais processos são bem avaliados e aqueles que ainda apresentam problemas e precisam de melhoras.

Vale lembrar que, se um determinado setor ou procedimento médico é alvo de reclamações, isso mostra que ele precisa de remodelação, para se investir em melhoras o mais depressa possível, de forma a não comprometer a imagem do seu negócio.

O atendimento ao paciente é a razão de ser de qualquer estabelecimento de saúde. Ao aplicar essas dicas no seu cotidiano, elas contribuirão para a redução de erros no processo, além de evitar a sobrecarga dos profissionais. Tudo isso contribui diretamente para maior satisfação e fidelização dos clientes a sua marca.

O que você achou do post de hoje? Interessante? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais, ajudando seus amigos e outros profissionais a dominarem o assunto!

Powered by Rock Convert

Deixar comentário.

Share This