TI estratégico: o que é e qual é a sua importância?
Tecnologia da Informação

TI estratégico: o que é e qual é a sua importância?

Escrito por Leucotron

O desenvolvimento cada vez mais intenso da tecnologia não traz apenas meios de facilitar e otimizar processos já existentes, mas também novas possibilidades para ir ainda mais longe. Nesse contexto, é fundamental saber o que é TI.

Entretanto, não é incomum que a área se acomode e simplesmente atue de maneira burocrática — ou que seja vista dessa forma pela gestão da empresa. Quando isso acontece, o TI se limita a implementar soluções de acordo com as demandas e solicitações dos demais setores, sem agir na melhoria dos resultados da empresa.

Um profissional experiente já foi solicitado várias vezes para resolver um problema e não implementar melhorias contínuas na equipe. Essas situações são prejudiciais para todos os envolvidos, pois a gestão não consegue crescer naturalmente, sempre enfrentando os mesmos problemas e o trabalhador não se desenvolve ou se sente motivado.

Mas, como você vai ver neste post, o TI estratégico traz importantes benefícios para a empresa, que fazem toda a diferença a curto e a longo prazo. Ao contar com o setor como um parceiro de decisões e planejamentos, a companhia vai mais longe e supera obstáculos com mais facilidade.

Quer ficar por dentro do assunto? Continue a leitura, entenda melhor o que é o TI estratégico e veja as vantagens que essa revolução no setor pode trazer para o negócio!

O que é o TI estratégico?

O TI estratégico é o setor que tem o objetivo de otimizar os processos e resultados da empresa também de maneira independente, e não apenas por meio de ferramentas e sistemas para atender às demandas dos outros departamentos.

A amplitude de atuação do TI e a importância crescente da tecnologia em todos os setores do mercado aumentaram a necessidade de que as empresas trabalhem mais ativamente lado a lado com esse setor. Dessa forma, é possível aproveitar o potencial das novas ferramentas e dos novos processos. É preciso entender a gestão como um organismo vivo, que depende do correto funcionamento de todas as áreas.

Nesse sentido, o TI estratégico representa todas essas possibilidades. Assim, o setor passa a atuar em prol de aumento de produtividade, economia de recursos, mais vendas, melhor atendimento ao cliente, otimização da gestão de pessoas e, de maneira geral, em um aumento no desempenho da empresa como um todo.

Deixando de ser apenas o departamento que providencia os recursos e as ferramentas necessárias para que a gestão da empresa possa colocar os seus planos em prática, o TI passa a também participar dessa conversa, assumindo um papel mais ativo dentro da organização.

Isso pode ser alcançado com um time de TI formado por profissionais engajados, capacitados e motivados quanto aos objetivos e valores da empresa. Além disso, é importante investir em cursos e treinamentos, a fim mantê-los atualizados em relação às inovações e tendências do setor e de como aplicá-los na companhia.

Quais são os benefícios do TI estratégico?

Todos os setores do mercado passam por um período de intensa concorrência. Além disso, as exigências e os desejos dos clientes também mudam e aumentam de maneira significativa. Nesse contexto, é fundamental tomar decisões e colocá-las em prática de maneira planejada e estratégica para que a sua empresa não fique para trás.

Ao saber o que é TI e utilizá-lo estrategicamente, você desenvolve novos meios de a empresa se destacar em sua área do mercado, de trabalhar com mais eficiência e de encantar os clientes. Além disso, ser vista como uma empresa inovadora e tecnológica, aprimorar a sua reputação e estabelecer o alto potencial de desenvolvimento da companhia.

Abaixo, estão as principais vantagens proporcionadas pelo uso dessa estratégia:

Implementação de tecnologias para atender as necessidades dos colaboradores

Quando o TI atua de maneira proativa dentro da empresa, é possível pensar em soluções para problemas que a gestão talvez ainda não tenha percebido — ou não saiba exatamente como solucionar.

Assim, o TI estratégico pode trazer mais dinamismo, otimização e produtividade para o dia a dia dos colaboradores. E as vantagens disso, obviamente, são inúmeras e importantíssimas!

Além de permitir que a empresa produza mais e com mais qualidade, a implementação de tecnologias que melhorem o trabalho dos colaboradores também aprimoram o clima organizacional e a motivação da equipe — que, consequentemente, passa a ser ainda mais produtiva e eficiente. No final das contas, todos saem ganhando.

Monitoramento mais concreto do desempenho das equipes

Quem tenta atuar em um ambiente desorganizado e sem controle não alcança os resultados que deseja — e isso não poderia ser diferente para a tecnologia da informação. Em todos os casos, é necessário utilizar ferramentas e soluções que ordenam a gestão e mostram o caminho a ser trilhado.

O TI estratégico é capaz de implementar mais e melhores ferramentas para que a gestão possa monitorar o desempenho das equipes de maneira mais concreta. Isso é muito importante porque, para que a empresa possa continuar se desenvolvendo, é fundamental que os diferentes setores trabalhem de forma alinhada e harmoniosa.

Os gestores poderão ter uma visão sistêmica do negócio, tanto da sua situação atual quanto das previsões e tendências para o curto, médio e longo prazo. Com isso, o TI pode contribuir para fortalecer ainda mais o que está funcionando bem, pensar em novas formas de reverter problemas e implementar formas de aprimorar os resultados.

Redução de custos

Quando o setor de TI estratégico e a gestão da empresa encontram-se alinhados, os custos com tecnologia, ferramentas, sistemas e equipamentos passam a existir de maneira mais planejada e eficiente. As compras poderão ser feitas de forma efetiva e com mais chances de que o projeto vá cumprir os seus objetivos.

Isso tem como resultado a redução de custos do departamento, especialmente considerando a diminuição das despesas feitas a partir de decisões que, em última instância, não apresentam os resultados e/ou melhorias esperadas.

Lembre-se de que sobra mais capital para ser investido em outras áreas, como a expansão da empresa ou a contratação de novos funcionários. Essas questões ajudam no desempenho do negócio e abrem mais portas para o seu crescimento.

Melhoria da segurança da informação

Conforme a tecnologia avança e as empresas passam a depender cada vez mais de processos e dados digitais, a segurança da informação torna-se um tema que deve ser obrigatoriamente discutido e valorizado dentro da organização.

Afinal, ameaças à segurança digital podem prejudicar a empresa em si, os seus fornecedores, parceiros, colaboradores e, até mesmo, clientes, além de trazer um grande impacto à reputação da marca.

Grandes estragos podem acontecer quando uma informação cai em mãos erradas. Uma negociação, por exemplo, corre risco de não ser efetivada quando isso não acontece. Além disso, dados sobre novos produtos podem vazar e atrapalhar a dinâmica com o mercado.

Sendo assim, é imprescindível pensar em maneiras de se antecipar a ataques digitais e de proteger os dados, arquivos e informações armazenados de invasões e vírus. Nesse sentido, o TI estratégico poderá manter a proteção da companhia à altura dos avanços dos próprios criminosos digitais, proporcionando um ambiente seguro e fortalecido.

Melhor atendimento ao cliente

O TI estratégico entende a importância do setor quanto ao atendimento ao cliente, algo que muitas empresas ainda não perceberam. A equipe poderá implementar as melhores e mais inovadoras tecnologias para tornar o contato entre empresa e cliente mais dinâmico, ágil, próximo e eficiente.

Isso aumenta muito a experiência do cliente com o negócio. Consequentemente, ele valoriza e confia mais na empresa, pois entende que ela se dedica a aprimorar esse relacionamento e a oferecer um atendimento de qualidade e moderno.

Não é mais admissível entender o cliente como uma pessoa que só compra os seus produtos. Na verdade, ele é uma parte importante do desenvolvimento do seu negócio. As soluções que você propõe devem ser focadas nas demandas dos consumidores e nos feedbacks recebidos.

Qual é o papel da transformação digital hoje em dia?

Já está bem claro que a tecnologia da informação não pode ser deixada de lado atualmente, não é mesmo? A transformação digital é um assunto recorrente, que muda a maneira como os profissionais de TI enxergam o mercado. Infelizmente, alguns acreditam que esse é um termo para o futuro. Contudo, ela está presente em todas as relações atuais. Dessa forma, uma empresa de sucesso deve ofertar um serviço de qualidade, já que os consumidores estão cada vez mais exigentes.

As ligações telefônicas, por exemplo, são utilizadas em diversas situações no dia a dia de uma pessoa, seja para entrar em contato com uma empresa, seja para conversar com um parente. No ramo empresarial, os sistemas PABX ganham cada vez mais adeptos, pois melhoram a comunicação entre as pessoas e otimizam a rotina de trabalho.

A era digital expande os horizontes da sociedade e permite que qualquer um acesse qualquer tipo de informação ou utilize uma tecnologia, a fim de melhorar uma questão de sua rotina.

A transformação digital é representada pela forma como as empresas utilizam novas tecnologias para aumentar o alcance e garantir melhores resultados. Essa mudança acontece dentro e fora do negócio, alterando as estruturas na organização e a maneira como os desafios são encarados. De uma forma simples: a tecnologia ganha destaque e deixa de ser uma ferramenta superficial ou de suporte.

Como todas essas questões levam tempo e não mostram resultados do dia para a noite, é preciso ter muito empenho e planejamento. Antes de tomar qualquer decisão, é necessário conhecer a situação socioeconômica da instituição, aonde se deseja chegar e como isso acontecerá.

Como é possível obter melhores resultados?

Ao descobrir o que é TI e todas as suas vantagens, muitos profissionais se perguntam quais são as melhores estratégias a serem colocadas em prática. A seguir, encontram-se dicas valiosas para a sua rotina de trabalho.

Acompanhar o mercado

Os desejos dos clientes são voláteis, ou seja, mudam quando menos se espera. Um produto que é desejado por todos hoje pode perder espaço para uma mercadoria mais eficiente e de maior qualidade. Dessa forma, é essencial acompanhar essas novidades.

Existem várias maneiras de colocar isso em prática:

  • ler blogs influentes sobre a tecnologia da informação;
  • participar de fóruns de discussão sobre o assunto;
  • estar presente em palestras e cursos de atualização;
  • manter contato com profissionais de várias localidades;
  • monitorar as ações de concorrentes e empresas parceiras.

Treinar funcionários

O sucesso de um negócio depende de vários fatores, e um deles é o desempenho de sua equipe. De nada adianta, por exemplo, ter um bom diretor de TI se ele não trabalha em conjunto com os seus funcionários.

Dessa forma, é imprescindível montar uma equipe preparada para superar obstáculos e prestar um serviço de qualidade. Nessas horas, o treinamento de colaboradores é uma prática que não pode faltar no planejamento. Portanto, você deve criar um programa focado nas demandas do mercado e nas potencialidades do time.

Alguns gestores alegam que essas atividades geram custos e diminuem o ritmo de produção. Essas questões estão corretas até certo ponto, pois é necessário voltar a atenção do time para o aprendizado. Mas, ao final de todo o processo, é possível obter profissionais mais capacitados, treinados e engajados com os objetivos da empresa.

Como consequência disso, os benefícios a longo prazo recompensam os valores investidos inicialmente.

Estar aberto ao diálogo

As decisões de um bom executivo de TI são determinantes para o sucesso da empresa. Entretanto, ele não trabalha sozinho e precisa comandar um time pronto para vencer adversidades.

Por mais que você tenha muita experiência e muito know-how de mercado, é essencial receber o feedback e analisá-lo com cautela. Uma crítica quase sempre mostra uma fraqueza em suas atividades ou em seu modo de pensar, assim como um elogio mostra que você está no caminho certo.

Desse modo, peça a opinião de seus companheiros de trabalho e veja como eles o enxergam.

Fazer o planejamento estratégico

As necessidades do negócio devem andar lado a lado com os desejos do cliente. Nessas horas, muitas gestões enfrentam dificuldades porque não conseguem equilibrar essas questões.

planejamento estratégico do setor de TI é uma ótima maneira para vencer essas dificuldades. Isso acontece porque ele fornece as informações necessárias para que você tome decisões adequadas aos problemas encontrados. Ele define os objetivos, as estruturas e o direcionamento da TI.

Em outras palavras, planejar as estratégias de TI significa se preparar para alocar recursos financeiros, trabalhadores e equipamentos com eficiência. Com isso, eles ficam disponíveis a todo momento e você não passa por situações indesejáveis, como a paralisação dos serviços ou a falta de colaboradores para a solução de um problema.

Ao ler este conteúdo, você descobriu o que é TI estratégico e como isso está revolucionando o mercado. A tecnologia da informação não pode ser mais enxergada como uma ferramenta de suporte para o funcionamento de uma empresa. É preciso utilizá-la em todos os setores de forma conjunta, integrando funcionários e facilitando a rotina de trabalho de todos.

O uso de novas soluções é já não é mais uma medida para se destacar. Na verdade, essa prática é algo essencial para sobreviver à competição por clientes e novos contratos. Dessa maneira, analise muito bem a sua estrutura empresarial e veja como é possível adotar procedimentos e medidas inovadoras.

Ao tomar as suas decisões, faça questão de atuar com empresas parceiras que têm experiência de mercado e que oferecem produtos de qualidade. Com isso, você evita dores de cabeça e pode atuar com mais tranquilidade.

Quer aprender ainda mais sobre as melhores estratégias tecnológicas atuais? Então, descubra dicas para obter sucesso por meio da tecnologia disruptiva!

Share This