serviços em nuvem

Quais os tipos de nuvem e as diferenças entre eles?

Ao observar a dinâmica dos novos empreendimentos, percebe-se uma maior tendência à transformação digital. Isso porque as novas tecnologias voltadas ao gerenciamento e à automatização do tratamento de dados têm possibilitado uma maior eficiência. Os serviços em nuvem aparecem como uma solução para otimizar os processos corporativos.

Afinal, as empresas elevam o seu rendimento nas operações de produção e no atendimento ao cliente, possibilitando um tratamento personalizado ao seu público-alvo. Para acompanhar todas as inovações, é necessário ter um suporte para tal.

Com essa evolução, há um grande volume de arquivos e dados que precisam ser armazenados em um local seguro e confiável. É nesse momento que entra o armazenamento em nuvem. Mas você sabe quais os tipos existentes?

Continue a leitura deste artigo. Nele, detalharemos as principais informações sobre os três tipos de nuvem, bem como as suas diferenças!

Importância do investimento nos serviços em nuvem

Quando uma empresa precisa dedicar parte do seu orçamento a uma nova verba, é comum questionar essa ação e até mesmo ter uma ideia de que o valor é um gasto a mais, desnecessário. Entretanto, as tecnologias vêm provando o quanto esse modelo de raciocínio é prejudicial para garantir o crescimento saudável de uma organização.

Veja, a seguir, alguns dos pontos que reforçam o motivo de apostar em serviços na nuvem para a sua empresa e como você pode, inclusive, aumentar a lucratividade do seu negócio. Afinal, a ideia é permitir a escalabilidade, além da coleta e análise de um número cada vez maior de informações que alimentam e direcionam a inteligência estratégica.

Otimize seus gastos

Quando o assunto é a migração para um sistema cloud, o resultado imediato sentido pela empresa é a queda nos custos. Em uma análise mais rápida, percebemos a redução de gastos com serviços de TI, compra e manutenção de estrutura para armazenamento de informações. Diferentemente das soluções empresariais tradicionais, esse modelo também permite uma personalização.

Dessa forma, quem está alinhando os negócios à tecnologia não precisa se preocupar tanto com o porte da empresa. Com uma rápida pesquisa nesse setor, é fácil descobrir que empresas de qualidade oferecem pacotes de acordo com o porte dos seus clientes, atendendo desde empresas de grande porte até pequenas organizações.

Acompanhe a transformação digital

O impacto da transformação digital na comunicação empresarial é muito grande. Até mesmo para negócios mais conservadores que têm o cliente como foco, as tecnologias se apresentam como um dos pontos de preocupação. Os serviços em nuvem permitem que a empresa não só tenha maior agilidade, como também aproveite as mais diversas tendências esperadas pelo público como:

  • personalização das mensagens e da comunicação;
  • segmentação de atendimento, criando uma experiência mais individualizada;
  • agilidade na coleta e no tratamento de informação, permitindo o acesso a dados mais detalhados sobre o cliente, influenciando as tomadas de decisão de maneira mais eficiente;
  • armazenamento das informações sem a preocupação de perder dados ou não conseguir acessá-los à distância;
  • trabalho com informações em tempo real.

Seja omnichannel

Com a popularização de diferentes redes sociais, além de outros canais como e-mail, site e e-commerce, ficou cada vez mais importante garantir a integração de todos estes processos em um só lugar. A solução omnichannel permite que o consumidor tenha uma experiência única e exclusiva com a marca, recebendo um atendimento linear da marca, mesmo que mude de canal.

Os serviços em nuvem facilitam operações como compra pela internet e retirada na loja, consulta de detalhes sobre o produto por telefone e encaminhamento para finalização pelo smartphone, com direito a cupons de desconto. Enfim, uma infinidade de estratégias que só podem ser implementadas quando existe um acesso em tempo real.

Integre informações

Outro ponto fundamental que também está ligado não só à prática omnichannel, mas também às estratégias de uma gestão eficiente, é a integração de informações. O cruzamento de dados é muito importante para que a empresa consiga desenvolver respostas em tempo hábil — tanto para a redução de custos quanto para o aproveitamento de oportunidades.

O armazenamento na nuvem não significa que a sua empresa terá todas as informações disponíveis para todos os colaboradores. Na verdade, a imagem é como se fosse um enorme arquivo (com espaço praticamente infinito) no qual todos os dados relevantes são guardados e podem ser acessados a partir de uma conexão com a internet. Além disso, também é possível gerenciar o acesso, permitindo que cada um veja o que é necessário.

Garanta a segurança de dados

Com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), ficou cada vez mais evidente o quanto é impactante para as empresas garantir a segurança e o tratamento adequado das informações de seus clientes e também de conseguir armazenar as informações corporativas de maneira eficaz. Por isso, algumas pessoas têm a crença de que um serviço na nuvem pode deixar os dados mais expostos.

Entretanto, isso é apenas um mito. Na realidade, os sistemas em cloud contam com o diferencial de terem profissionais da área de TI à disposição, sempre atualizando as plataformas e mantendo-as mais seguras do que softwares instalados em máquinas.

Tipos de nuvem

Com a era da transformação digital, várias empresas têm adotado uma cultura de inovação em seus processos, como é o caso da implementação de softwares de gestão.

Essa tendência fez com que os serviços de computação em nuvem se tornassem primordiais para o desenvolvimento das empresas, já que contribuem para uma maior produtividade, segurança e confiabilidade nas operações de controle de dados. A seguir, confira os tipos de nuvem existentes!

Nuvem pública

A nuvem pública é aquela que utiliza recursos e serviços fornecidos por plataformas abertas, que são contratados pelos clientes, sem a necessidade de contar com uma infraestrutura própria de TI.

Dessa forma, a nuvem pública disponibiliza recursos de armazenamento de dados por meio de um provedor. Nesse caso, o único custo para a empresa é a contratação do serviço, e ele varia conforme capacidade utilizada.

Por isso, esse tipo de nuvem é indicado para empresas que pretendem usufruir da tecnologia sem necessariamente investir em ferramentas de TI. Uma de suas vantagens é a escalabilidade, já que você ajusta a capacidade à sua necessidade. No entanto, ao usar uma nuvem pública, a empresa tem menos controle sobre a segurança dos dados.

Nuvem privada

Temos também a nuvem privada, voltada apenas para um negócio. Nesse sentido, ela abrange todas as funções da nuvem pública, mas tem como diferencial a sua infraestrutura, que é exclusiva para a instituição que efetuou o contrato.

Ou seja, a nuvem privada apresenta maior segurança e várias vantagens, como o controle interno dos servidores, sendo indicada para corporações que desejam uma maior confiabilidade, integração de dados e segurança nos processos. Vale destacar que, por conta da necessidade de uma infraestrutura própria, esse tipo de nuvem tem um preço mais elevado, cabendo à empresa avaliar o custo-benefício dessa solução.

Nuvem comunitária

Uma solução que conta com a segurança de armazenar informações em uma nuvem privada, mas reduzindo o custo, a nuvem comunitária tem o potencial de se transformar em uma tendência para microempresas e até mesmo empreendedores individuais.

Com esse modelo, várias empresas dividem o acesso de uma nuvem privada. Além de ser uma estratégia interessante para pequenos negócios, organizações que trabalham com sistemas de franquias podem adotá-lo, garantindo tecnologia e segurança de dados para seus franqueados. A nuvem comunitária também é importante nesses casos, pois com ela é possível compartilhar o acesso de informações mais facilmente.

Nuvem híbrida

Por fim, temos a nuvem híbrida. Pelo próprio significado do nome, pode-se inferir que ela mescla a funcionalidade de dois tipos: a nuvem pública e a privada. Desse modo, ela busca encaixar os benefícios de cada opção em uma só versão.

Assim, temos uma maior escalabilidade e um menor custo de operação, que são características próprias da nuvem pública, ao mesmo tempo que obtemos um armazenamento mais seguro de dados críticos, graças à nuvem privada.

Serviços em nuvem para empresas

Se você gostou de conhecer os diferentes tipos de nuvem que existe hoje no mercado, então agora é hora de conferir alguns dos serviços mais usados no mercado corporativo.

Afinal, toda essa tecnologia só garantirá o diferencial competitivo a partir do momento que as empresas entenderem quais soluções podem impulsionar seus negócios.

PABX em nuvem

Se a sua empresa já usa VoIP ou telefonia por IP, então provavelmente você já ouviu falar em PABX em nuvem. Esse serviço de telefonia nada mais é que um PABX virtual que dispensa a necessidade de qualquer hardware quando configurado com ramais e troncos IP.

Com esse serviço de telefonia em nuvem, o Call Center ganha ainda maior autonomia geográfica, pronta para o home office e escalável para acompanhar o crescimento da sua operação, com monitoramento das informações registradas em tempo real.

Plataforma omnichannel

Trata-se de um novo conceito no atendimento ao consumidor que prevê a integração completa dos canais usados para se comunicar com o público-alvo. Não se trata apenas de oferecer uma série de meios, mas principalmente de quebrar as barreiras entre eles, garantindo que o cliente tenha uma experiência unificada.

Para os consumidores, o principal benefício do omnichannel é a facilidade de contato com a empresa. Ele pode utilizar o método mais cômodo para conhecer os produtos ou serviços, efetuar a compra, retirar a mercadoria, tirar suas dúvidas ou até mesmo realizar a troca. A organização entende que esses vários pontos de acesso representam o negócio e proporcionam a melhor experiência possível por meio de todos eles.

Essas foram as principais informações sobre quais os tipos de nuvem e a diferença entre eles. Agora que você sabe como funciona cada um, é importante saber escolher o melhor tipo de acordo com as necessidades da empresa.

Isso porque cada opção apresenta as suas vantagens de acordo com o perfil e o objetivo de cada empresa. Conhecer bem as diferenças contribui para que você possa ter um custo-benefício ideal, além de um grau apropriado de segurança dos dados.

Gostou de conhecer mais sobre os serviços em nuvem? Para entender quais soluções de comunicação se encaixam melhor à sua empresa, entre em contato com a gente!

Quer saber mais sobre atendimento ao cliente e interações digitais?

Receba os melhores conteúdos produzidos para você gratuitamente.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.