O que precisa ser feito para eliminar o turnover de TI?
Tecnologia da Informação

O que precisa ser feito para eliminar o turnover de TI?

O que precisa ser feito para eliminar o turnover de TI?
Escrito por Leucotron

A retenção de talentos é um dos principais desafios do setor de RH. A perda de profissionais qualificados gera custos com novas contratações, redução da produtividade, impacto negativo no employer branding e interrupções na trajetória que leva à alta performance, bons resultados e inovação.

Na área de tecnologia, esse risco é constante. Portanto, eliminar o turnover de TI deve ser uma das prioridades do gestor.

Se a sua empresa sente na pele o impacto desse problema, você não pode perder este post! Vamos falar sobre a importância de criar uma estratégia para reduzir a rotatividade na área de tecnologia e abordaremos algumas das medidas mais eficazes par solucioná-la. Acompanhe!

A importância de prevenir o turnover de TI

Estudos apontam que a rotatividade no setor de TI é uma das mais altas do mercado. Um levantamento mostrou que os altos executivos dessa área permanecem, em média, apenas 2,6 anos em uma empresa, enquanto que a média para outros cargos do mesmo nível é de 3,8 anos.

Em parte, esses números se devem às características da função, pois muitos desses profissionais são contratados para conduzir projetos específicos, como a migração para uma determinada plataforma. Após a conclusão do projeto, eles buscam oportunidades em outras organizações.

No entanto, mesmo quando essa não é a questão envolvida, o turnover ainda é alto. O número de ofertas de trabalho para profissionais qualificados nessa área é muito grande, inclusive com oportunidades no exterior.

Portanto, salários abaixo da média e uma rotina altamente estressante tornam esses colaboradores mais abertos às propostas de outras empresas.

Nesse cenário, as organizações precisam ficar atentas. Atualmente, o setor de TI é fundamental para as empresas. Os recursos tecnológicos são essenciais para uma série de atividades operacionais, e nos últimos anos também conquistou um papel estratégico inquestionável. Assim, perder bons profissionais desse setor atrasa o desenvolvimento de qualquer companhia e causa um impacto negativo em sua performance, tanto junto aos clientes quanto no aspecto financeiro.

Medidas para reduzir a rotatividade do setor de TI

Para evitar essas consequências e reduzir o turnover em TI, as empresas precisam desenvolver um olhar diferenciado sobre esses colaboradores.

É necessário adotar medidas que atendam às necessidades deles em vários aspectos. Os principais são a política de remuneração e as condições de trabalho oferecidas à equipe. Selecionamos alguns meios de prevenir esse problema nos tópicos a seguir. Confira!

Faça uma pesquisa sobre a remuneração praticada no mercado

Nesse aspecto, vale a lei da oferta e demanda. Portanto, se a procura por esses profissionais no mercado é grande, é natural que os salários aumentem, assim como acontece com produtos e serviços. Por isso, estabeleça uma política de remuneração adequada, baseada na qualificação dos colaboradores, exigências da função e a remuneração oferecida pelos seus concorrentes. Isso contribuirá para a retenção de talentos.

Implemente a governança em TI

Para muitos gestores, falar em aumento de salário evoca a possibilidade de desequilibrar as contas da empresa. Porém, a defasagem na remuneração de profissionais de TI é a principal causa para a rotatividade desses profissionais. Será que é possível encontrar uma alternativa que equilibre esses aspectos?

A resposta para essa questão é a governança em TI. Trata-se do alinhamento dos recursos desse setor (hardwares, softwares e equipe técnica) à estratégia do negócio. Ela permite que a empresa melhore seus processos e se torne mais competitiva. Consequentemente, suas operações garantirão um lucro maior.

Dessa forma, embora o setor de TI se torne mais “caro” devido à remuneração compatível com o mercado, ele também gera um valor maior. A empresa assegura que o potencial dos recursos tecnológicos é explorado ao máximo, o que aumenta sua competitividade diante da concorrência, gera informações relevantes para a tomada de decisão e garante a qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

Organize os processos

Uma das principais causas para o turnover nesse setor é a falta de organização de processos. Ela torna a rotina dos profissionais exaustiva, pois dificulta o alinhamento entre os participantes. Além disso, transforma o TI em um verdadeiro departamento para “apagar incêndios”, minando a produtividade da equipe.

Por isso, é fundamental organizar processos. A empresa também deve estabelecer prazos para o atendimento das ocorrências, considerando o nível de urgência de cada atividade. Assim, todos os outros colaboradores sabem o que podem esperar da equipe e quais são os procedimentos necessários para solucionar os problemas do dia a dia.

Estabeleça uma cultura do conhecimento

A área de TI vive em constante mudança. Felizmente, o desenvolvimento tecnológico acontece de forma acelerada, proporcionando uma série de novas soluções para os negócios. Incentive seus colaboradores a continuarem aprendendo de forma concreta. Ofereça auxílios para a realização de cursos. Se possível, flexibilize horários para que eles possam investir em formação continuada.

Dentro da empresa, reconheça o valor dessas iniciativas oferecendo oportunidades de carreira para colaboradores que aplicam esses novos conhecimentos e melhoram a performance. Estabeleça iniciativas que ajudem o grupo a compartilhar informações, como bancos de soluções. Dessa forma, o aprendizado de um facilita a rotina e favorece o bom desempenho de todos.

Defina metas alcançáveis

Atualmente, o setor de TI pode estabelecer um diferencial enorme para as empresas. Porém, para que a equipe consiga atingir as metas propostas, elas devem ser alcançáveis. É fundamental certificar-se de que o objetivo é possível, de que há colaboradores suficientes para atender às demandas e de que eles contam com todos os recursos necessários.

Crie um plano de carreira

O plano de carreira mostra aos colaboradores que eles não precisam buscar oportunidades em outras empresas. Ele demonstra que a organização tem mecanismos para reconhecer o empenho e o resultado de cada um e que o mérito é o critério que leva os profissionais a níveis mais altos no negócio.

Garanta um bom clima organizacional

No mundo dos negócios a pressão é inevitável. No setor de TI isso não é diferente. Surgem problemas e imprevistos, os prazos são sempre urgentes, a necessidade de aumentar a competitividade da empresa é grande e a otimização dos recursos (financeiros, humanos e de estrutura) é cobrada o tempo inteiro.

No entanto, o efeito dessas pressões é amenizado quando a empresa tem um bom clima organizacional. Se o ambiente é agradável, o profissional é valorizado e a transparência permeia as relações interpessoais — tudo isso contribui para a retenção de talentos. Afinal, quem tem um pouco de experiência corporativa sabe que aumentos razoáveis de salário nem sempre compensam os prejuízos de um ambiente emocionalmente insalubre.

Perder bons profissionais de tecnologia acarreta uma série de prejuízos a um negócio. É fundamental conhecer bem esse grupo que faz parte de seu público interno, entender suas necessidades e criar um ambiente que seja ao mesmo tempo seguro, desafiador e promotor do crescimento.

Esse é o segredo para evitar o turnover de TI e ter uma equipe engajada na obtenção de resultados e melhoria da performance na empresa.

Gostou deste post? Quer ter acesso a outros artigos como esse? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos relevantes para os profissionais de TI diretamente em seu e-mail. Inscreva-se agora mesmo!

Deixar comentário.

Share This